Governo do Estado amplia articulação do Sistema de Justiça Criminal da Bahia

Rui Costa: a melhor forma de superar as dificuldades é discutindo o problema de maneira ampla e pensando em estratégias conjuntas e consistentes. É preciso diálogo entre todas as partes envolvidas.

Rui Costa: a melhor forma de superar as dificuldades é discutindo o problema de maneira ampla e pensando em estratégias conjuntas e consistentes. É preciso diálogo entre todas as partes envolvidas.

“Não é apenas com o empenho do governador que se faz um governo forte. É preciso o engajamento do povo e das entidades particulares e públicas. A melhor forma de superar as dificuldades é discutindo o problema de maneira ampla e pensando em estratégias conjuntas e consistentes. É preciso diálogo entre todas as partes envolvidas. Por isso, esse encontro visa à sensibilidade de um número maior de pessoas e ao entendimento das atividades de cada força, para que juntos encontremos soluções”, afirmou o governador Rui Costa durante discurso de abertura do seminário “Integrando o Pacto Pela Vida: Segurança Pública e Justiça Criminal”, realizado nesta segunda-feira (13/05/2016), Gran Hotel Stella Maris, em Salvador.

O encontro reforça a integração dos profissionais que atuam em prol do Sistema de Justiça Criminal no Estado da Bahia, no âmbito dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, do Ministério Público e da Defensoria Pública, proporcionando o entendimento amplo dos desafios e competências de cada instituição. O evento é um momento histórico de sincronização das forças, que visa aprimorar o enfrentamento à criminalidade, aumentando a efetividade das ações de combate, para que a sociedade se sinta mais segura.

O evento é resultado da decisão tomada pelo governador Rui Costa em uma das reuniões semanais do Pacto Pela Vida. O seminário busca também ideias e posturas mais eficientes dos atores que compõem o Sistema de Justiça Criminal. A meta final é a definição de estratégias para reduzir os índices dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), especialmente os praticados por organizações criminosas.

Estão presentes no evento a presidente do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA), Maria do Socorro Santiago, a procuradora-geral de Justiça, Ediene Santos Lousada, o defensor público geral, Cleriston Cavalcante de Macedo, e os secretários estaduais de Segurança Pública, Administração Penitenciária e Justiça Cidadania e Direitos Humanos, respectivamente, Maurício Barbosa, Nestor Duarte e Geraldo Reis. Também participam do encontro membros das câmaras setoriais do programa Pacto Pela Vida, juízes, desembargadores, promotores, procuradores de justiça, defensores públicos, delegados de polícia, oficiais da Polícia Militar e integrantes da administração prisional.

Outras publicações

Secretaria da Educação da Bahia firma novos contratos de terceirizados regidos pela Lei Anticalote Secretário de Educação, Walter Pinheiro concede coletiva de imprensa sobre pagamentos dos servidores terceirizados da Educação. Secretário de Edu...
Deputado Carlos Gaban diz que governador Jaques Wagner teme revolta por parte dos deputados Carlos Gaban: "O governador vai comunicar a rasteira que ele deu no presidente do Legislativo e pedir que não haja revolta”. Em uma sessão esvaziada...
Eleições 2014 – Bahia: Rui Costa destaca Bahia como líder de empregos e garante condução energética no governo Rui Costa: “depois de Lula e Dilma, passamos a ter seis universidades federais. E nós queremos mais. As regiões da Serra Geral e do Sudoeste querem u...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br