Governador Rui Costa inaugura rodovia que liga Amargosa a Mutuípe

Rodovia que liga Amargosa a Mutuípe é inaugurada pelo governo da Bahia.

Rodovia que liga Amargosa a Mutuípe é inaugurada pelo governo da Bahia.

A rodovia BA-540, no trecho de 28 quilômetros que liga Mutuípe a Amargosa, é um exemplo de porque a região é conhecida como Vale do Jiquiriçá. Curvas acentuadas, subidas e descidas contornam serras, onde produtores rurais se dedicam à criação de gado e plantações, em meio a córregos e áreas remanescentes de Mata Atlântica. Implantada na rodovia, a fábrica de biscoitos Flor do Vale emprega 104 funcionários e exporta para outros quatro estados. Com asfalto novo, a BA-540 foi entregue neste sábado (18/06/2016), pelo governador Rui Costa, depois de receber investimento de R$ 6,5 milhões, por meio da Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra).

Trafegam pela rodovia mais de 500 veículos por dia, atendendo aos mais de 80 mil moradores também dos municípios de Elísio Medrado, Milagres e São Miguel das Matas. Rui destacou que a recuperação de estradas proporciona segurança, desenvolvimento, tráfego de mercadorias, emprego e renda para a população. “Aqui, estamos entregando um trecho até Amargosa e tem outras estradas prontas e ainda em recuperação. Estamos contratando dois empréstimos, um do Banco Mundial, que já está assinado, e outro com o Banco Europeu, que será assinado em breve e que vai contemplar também a estrada de Amargosa até Santo Antônio de Jesus”.

O empresário Juvêncio Cardoso explicou como a estrada beneficiou o seu negócio, a fábrica de biscoitos que está há 19 anos empregando moradores da região. “Antes era um sofrimento, era ruim até para carro pequeno. Agora, a ponte foi ampliada e, para nós, que temos oito caminhões, recebemos insumos e distribuímos nossa produção para outros estados, é economia tanto no óleo diesel como na manutenção. Então, a estrada é fundamental para toda a região. Ficou muito boa, deu um conforto maior, acabou a poeira que era muita e melhorou a circulação”.

Rita Costa Fernandes, 45 anos, mora na sede de Mutuípe e trabalha na fábrica de biscoito. “A distância não é muita, mas mesmo assim eu tinha que sair mais cedo de casa, porque venho de moto. A estrada era muito esburacada, se chovia, fazia muita lama. Agora melhorou 100%, rapidinho eu venho e volto do trabalho”.

A vida dos pequenos produtores da região também melhorou com a nova estrada. Genilto Celso de Souza tem 49 anos nasceu e cresceu na propriedade à beira da estrada, onde cria gado e planta cacau. “Essa estrada era de chão, depois veio a pista que já tinha acabado. Agora veio essa reforma que ficou boa. Os carros não têm mais despesa de amortecedor. A gente carregava cacau e tinha que botar pouco peso, por causa dos buracos, agora ficou bom demais”.

Dificuldade e saúde financeira

Rui falou que, apesar das dificuldades, a Bahia ainda é um dos poucos estados que apresentam saúde financeira. “A Bahia é muito grande e não temos arrecadação para construir a infraestrutura mais rapidamente. O Rio de Janeiro anunciou há quatro dias que não tem dinheiro para pagar os funcionários e agora decretou Estado de Calamidade Pública Financeira”. Segundo ele, o Rio tem 16 milhões de habitantes e arrecada R$ 83 bilhões por ano, enquanto a Bahia tem 15 milhões e arrecada R$ 43 bilhões. “São R$ 40 bilhões de diferença. Três municípios do oeste da Bahia correspondem ao tamanho geográfico do Rio, e nós temos 417 municípios. Mesmo assim, estou aqui entregando e anunciando novas obras”.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br