Governador Rui Costa destaca ampliação do desenvolvimento no interior baiano com investimento estrangeiro

Grupos europeus apresentam, ao governador Rui Costa, projetos de investimentos na Bahia.

Grupos europeus apresentam, ao governador Rui Costa, projetos de investimentos na Bahia.

O Digaí, Governador!, que vai ao ar nesta semana, destaca os investimentos estrangeiros no interior do Estado, anunciados por grupos da China, Inglaterra e Portugal, que ampliam a descentralização do desenvolvimento da Bahia. “Nós tivemos três anúncios importantes esta semana. O primeiro [é sobre a] construção de uma fábrica de motocicletas de 50 cilindradas e de 125 cilindradas [pela China Yasuna Group] no município de Una [na região sul]”, afirma Rui Costa. Ele ressalta que, “em julho, estaremos com as obras em andamento para instalação da unidade […], gerando emprego [e] renda…”

Ainda sobre a atração de investimentos, o governador cita o município de Nova Soure, onde uma fábrica que produzia sucos, e “estava fechada há anos” foi adquirida pelo grupo inglês Sono Internacional. “Nós iremos integrar isso com a agricultura familiar […] porque se a indústria é importante, […] mais importante ainda será a retomada da agricultura familiar […] Então, Nova Soure, a região nordeste, volta a ser um polo produtor de frutas, gerando emprego e renda”.

Rui enfatiza também o investimento da empresa portuguesa Euroeste, no município de Barra, à beira do Rio São Francisco, no oeste, onde está implantando um grande projeto para criação e abate de 40 mil porcos anualmente. “Eles [a empresa] vão fazer criação em confinamento, com plantação de soja e de outros produtos para alimentar os porcos, e parte da produção [vai] ser exportada para a Europa”.

Empréstimo do BIRD para recuperar rodovias

Outro assunto do programa é o empréstimo do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird), no valor de US$ 200 milhões, equivalente a R$ 740 milhões, para o Programa de Restauração e Manutenção de Rodovias Estaduais (Premar). “É uma ajuda enorme, nós estávamos há um ano e meio [buscando] a assinatura do contrato de empréstimo”, ressalta Rui.

O empréstimo do Bird – instituição financeira do Banco Mundial – garante a recuperação de 2.370,51 Km de 16 estradas baianas, de acordo com informações da Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra). Somente na BA-052, passarão por melhorias 459.07 Km, compreendendo o trecho BR-116/Irecê/Xique-Xique. Já a BA-210 terão recuperados 371,66 Km, no percurso BR-110/Paulo Afonso, Curaçá e Juazeiro.

Agenda no interior e em Salvador

Ainda no Digaí, Governador!, Rui fala sobre a agenda da semana. Nesta quinta-feira [2], “nós estaremos em Santa Inês fazendo inaugurações no município. Na sexta-feira [3],em Santo Antônio de Jesus, visitando as obras do Complexo Industrial, onde vamos montar um parque industrial, e no sábado [4], inaugurando vários sistemas de água na cidade de Ipirá”.

Quanto à capital baiana, o governador cita “o maior investimento” da sua história. “São R$ 8 bilhões em mobilidade urbana. É o metrô, as avenidas que vão cortar a cidade, o VLT, e domingo [5] mais uma etapa de tantas inaugurações [a nova Avenida Orlando Gomes], que nós estamos fazendo em Salvador. […] Vai ter uma programação na manhã inteira e no início da tarde, [com] muito lazer”.

Segundo o governador, “na verdade [é uma avenida] mais que duplicada. […] Hoje tem oito pistas e quando estiver completa chegará ao Subúrbio [Ferroviário de Salvador] e será implantado um modal de BRT. São 22 quilômetros, da Orla Atlântica até o subúrbio, quando estiver completa”. O governador diz que irá para a inauguração de bicicleta. “Vou chegar e passear lá de bicicleta com as minhas filhas e minha família”.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br