Filme ‘A noite escura da alma’ estréia na Bahia

Cena do filme 'A noite escura da alma'.

Cena do filme ‘A noite escura da alma’.

A noite de encerramento do VI FECIBA – Festival de Cinema Baiano terá a estreia do longa “A noite escura da Alma” em território baiano. O filme do cineasta Henrique Dantas é um documentário experimental que aborda a ditadura militar e civil ocorrida na Bahia e tem sua linguagem desenvolvida no hibridismo entre o documental e a performance. Com entrada a R$ 5,00 (cinco reais), a exibição será dentro da Mostra Atualidades, no dia (11/06/2016), sábado, às 19h, no Centro de Cultura Adonias Filho em Itabuna.

Além dos depoimentos de personalidades importantes como Juca Ferreira, Lúcia Murat, Emiliano José, Theodomiro dos Santos e Carlos Sarno, que revelam histórias pouco conhecidas deste período nebuloso no estado, a proposta visual do documentário apresenta ainda performances artísticas realizadas no espaço que foi o maior centro de tortura da Bahia: o Forte do Barbalho, onde também foram feitas algumas entrevistas.

 “A noite escura da Alma” estreou na 19° Mostra de Cinema de Tiradentes em Janeiro deste ano e foi muito bem recebido pela crítica e público. Para o Henrique Dantas, que é baiano, esse é um momento muito oportuno para a estreia do filme no estado. O diretor reforça ainda o caráter questionador dos cenários político e artístico da Bahia, desde o período da ditadura. “O filme não foi realizado para agradar ninguém, meu compromisso é com a história dos perdedores, porque a história é sempre contada sobre o ponto de vista dos vencedores e os artistas “sem patrão” têm a obrigação de reconta-la e trazer questões que foram apagadas pelo poder”, afirma. Na sequência o filme segue para o Florianópolis Audiovisual Mercosul.

O encerramento da sexta edição do Festival de Cinema Baiano, que iniciou sua itinerância na cidade de Juazeiro em abril e passou ainda por Feira de Santana em maio, terá ainda a premiação dos filmes vencedores da Mostra Competitiva de Curtas nas categorias técnicas – que teve como jurados o próprio Henrique Dantas, além de Marialva Monteiro e Sylvia Abreu – e voto popular.

O VI FECIBA foi contemplado pelo edital 02/2015 – Agitação Cultural – Dinamização de Espaços Culturais da Bahia, vinculado ao Fundo de Cultura da Bahia – FCBA, promovido pela Secretaria de Cultura do Governo do Estado da Bahia e é uma realização do NúProArt – Núcleo de Produções Artísticas e da Voo Audiovisual.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br