Feira de Santana: seminário evidencia desafios de mulheres negras

Composição da mesa do XXX Seminário Regional de Mulheres Negras de Feira de Santana.

Composição da mesa do XXX Seminário Regional de Mulheres Negras de Feira de Santana.

Promovido pelo Núcleo Cultural, Educacional e Social Odungê com apoio do Governo Municipal, através da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedeso) de Feira de Santana, o XXX Seminário Regional de Mulheres Negras de Feira de Santana evidenciou os desafios a serem enfrentados por mulheres negras, inclusive na zona rural, na incessante luta pela defesa de igualdade racial e de gênero.

Nesta terça-feira, (21/06/2016), durante todo o dia, profissionais da área de assistência social e que desenvolvem ações voltadas pela defesa da igualdade social estiveram reunidas no auditório da Faculdade Anísio Teixeira (FAT). E tiveram a oportunidade de discutir questões cruciais para a transformação da sociedade com especialistas de diversos segmentos, inclusive da saúde pública, que fizeram importantes alertas.

Durante a abertura do evento, a presidente do Odungê, Lourdes Santana, ressaltou os desafios e a luta desenvolvida com apoio dos órgãos governamentais e da sociedade para a conscientização de todos.

Um dos palestrantes, o professor de Sociologia Gerinaldo Lima abordou sobre “A realidade da juventude rural brasileira”. Observou que esta parcela da sociedade é “invisibilizada, tanto que não tem acesso às políticas públicas, por falta de resposta do Governo Federal. Não se pensa em “juventudes” e apenas em “juventude”, no singular, esquecendo que a rural precisa ser vista com suas especificações, suas demandas”.

Já o assistente social e coordenador do serviço social do programa DST/AIDS, Raul Araújo de Brito abordou sobre a necessidade das pessoas se prevenirem mais contra o HIV e DST. “Hoje, com o alto índice de HIV, estamos abordando o tempo inteiro a necessidade de uso de preservativo”.

Durante a solenidade de abertura do evento também estiveram compondo a mesa de honra a professora Mércia Nogueira, do curso de Serviço Social da FAT; o chefe da Divisão de Promoção da Igualdade Racial, Geovani Ferreira; o diretor do Departamento de Igualdade de GÊNERO Racial, Gilenaldo Santos; e a assistente social Venessa Rosa, além de Lourdes Santana, o jornalista Ronaldo Belo e os palestrantes.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br