Feira de Santana: geóloga afirma que empreendimento nas proximidades da Lagoa do Subaé não está em APP

Professora universitária, Lígia Costa é doutora em geoquímica e mestre em meio ambiente.

Professora universitária, Lígia Costa é doutora em geoquímica e mestre em meio ambiente.

A geóloga Lígia Costa, consultora técnica da MAB, empresa que fez o estudo hidrogeológico da área na Santa Mônica II – área localizada nas proximidades da Lagoa do Subaé, às margens da BR 324 – onde uma empresa do setor atacadista [Atacadão] constrói nova unidade, afirmou, durante reunião do Condema (Conselho Municipal do Meio Ambiente de Feira de Santana), que o empreendimento, por estar a 173,13 metros da cota máxima de inundação da Lagoa Subaé, não infringe a lei ambiental.

O Código Florestal permite que esta distância, por se tratar de lagoa em área urbana, pode ser de no mínimo 30 metros. Ela foi convidada a ir ao colegiado e fazer as devidas explanações. “Foram explicações que não deixaram dúvidas. Tudo foi tecnicamente feito dentro do que permite a Lei e devidamente esclarecido”, afirmou o secretário de Meio Ambiente, Maurício Carvalho.

Todo o trabalho da empresa, que durou cerca de 20 dias, foi acompanhado pelo geólogo Ivon e o agrônomo Germano, ambos da Semmam.

Tecnicamente, a geóloga mostrou aos presentes que a área em questão não está dentro da cota de proteção da lagoa. Uma das evidências que a levaram à conclusão é de que, com base nas sondagens de solo, não há conexão hidrogeológica entre os dois espaços. Estes estudos também mostraram que o lençol freático passa há oito metros de profundidade. Por isso, não tem conexão com a lagoa.

Os conselheiros também decidiram pela criação de uma comissão formada por seis segmentos do colegiado – patronal, Secretaria da Agricultura, Secretaria de Desenvolvimento Urbano, CREA, entidade ambiental não governamental e um representante da comunicação social, que vai acompanhar todo processo da implantação deste empreendimento.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br