Eleições 2016 – Alagoinhas: pré-candidato Joseildo Ramos destaca debate sobre orçamento participativo

“Alagoinhas não pode dar cheque branco para ninguém”, afirma Joseildo Ramos.

“Alagoinhas não pode dar cheque branco para ninguém”, afirma Joseildo Ramos.

Em entrevista concedida nesta sexta-feira (03/06/2016) ao programa Pauta Livre, na Rádio Digital FM de Alagoinhas, o deputado estadual Joseildo Ramos (PT), pré-candidato a prefeito do município, fez um alerta sobre as eleições deste ano e afirmou que o processo eleitoral vai ocorrer com a população mais madura e consciente das suas escolhas. “A população sabe, ela enxerga que estamos vivendo um momento de crise política, econômica, moral e ética na política e o cuidado na escolha do próximo prefeito deverá ser maior do que qualquer outra campanha. Alagoinhas não pode dar salto no escuro. Alagoinhas conhece a história de cada um dos pré-candidatos e nesse ponto não pode dar um cheque em branco para ninguém.”, ponderou.

Joseildo afirmou que está mais experiente e preparado para enfrentar o desafio de administrar a cidade quinze anos depois de encontrá-la em condições deprimentes. “Estivemos uma cidade à nossa frente para governar nos piores momentos que Alagoinhas experimentou na sua história. Alagoinhas estava no caos total, agachada, envergonhada. O seu povo não tinha autoestima. Nem sequer a chave da prefeitura nós tínhamos quando fomos tomar posse.”, relembrou.

Segundo Joseildo, ao chegar em 2001, encontrou uma cidade fétida, com quase 2 mil toneladas de lixo, uma prefeitura com salários atrasados, com funcionários que compravam o pão de cada dia com um vale da prefeitura que “na verdade não valia nada”, disse. “ Quando saímos da prefeitura oito anos depois, deixamos Alagoinhas com indicadores sociais que nos davam orgulho”, reforçou.

Vem Pensar Alagoinhas

Joseildo aproveitou a entrevista para apresentar o Vem Pensar Alagoinhas, projeto de construção participativa do seu programa de governo e que já percorreu alguns bairros da cidade discutindo políticas públicas para Alagoinhas. “Nós estamos chamando a população para dialogar, indo até as 12 regiões estabelecidas no Orçamento Participativo, onde estamos pensando o que fazer em Alagoinhas nos próximos quatro anos. São discussões maravilhosas para construir a imaginação do que deve ser um governo participativo, plural, que tenha a cara dessa cidade, que já experimentou o nosso jeito de governar”. A novidade, segundo o pré-candidato, será a etapa do projeto na internet. Além do site oficial que será lançado, o Vem Pensar Alagoinhas contará com sua etapa no Facebook, onde o pré-candidato estará ao vivo para conversar e debater com a população. Segundo ele, o objetivo é assegurar a participação das pessoas que não podem estar presente nas discussões nos bairros.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br