Deputado José de Arimateia entrega título de ‘Cidadã Baiana’ a advogada Rogéria Santos

Advogada Rogéria Santos.

Advogada Rogéria Santos.

Deputado José de Arimateia entrega título a advogada Cris Oliveira.

Deputado José de Arimateia entrega título a advogada Cris Oliveira.

Na tarde desta quinta-feira (02/06/2016), o deputado estadual José de Arimateia (PRB) concedeu à advogada Rogéria Santos o status de Cidadã Baiana. Missionária evangélica há 25 anos, ela dedicou voluntariamente 14 deles ao trabalho como ativista humanitária na África e, atualmente, coordena o Projeto Mulheres em Ação, que desenvolve assistência social a pessoas em situação de vulnerabilidade em Salvador.

Para o deputado José de Arimateia, o Título foi mais do que merecido, pelo trabalho social e evangelístico que Rogéria tem desenvolvido ao longo de sua atividade missionária. “Quero agradecer aos pares, que ajudaram a aprovar por unanimidade essa honraria. A doutora Rogéria faz um trabalho importantíssimo na área social desde o tempo que morava no Rio, na África e agora em Salvador. A Bahia ganhou muito com ela, pois são ações que o próprio Poder Público não tem condições de fazer sozinho”, analisou o parlamentar.

Com o Plenário da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) lotado, Rogéria Santos, que é natural de São João do Meriti – RJ, recebeu a honraria numa cerimônia coroada com apresentações de dança, do grupo Força Jovem Universal, e vocal, com a cantora Ofélia Madeira, que cantou o Hino da África. Além disso, a advogada foi surpreendida pela presença da mãe, que mora no Rio de Janeiro e não a via há dois anos. “Pra mim é uma honra sem igual estar me tornando formalmente uma cidadã baiana, porque, de coração, eu já sou desde que cheguei a essa terra”, comemorou Rogéria.

Rogéria Santos iniciou seu trabalho social quando coordenou o Projeto Ler e Escrever, que combatia o analfabetismo de jovens e adultos, tendo início no Rio de Janeiro, São Paulo e Curitiba. Dos 14 anos na África, dedicou cinco, em Moçambique, a frentes de auxílio e assistência a mulheres e crianças vítimas da guerra civil. Outros nove, ela permaneceu em Angola, onde liderou frentes de enfrentamento à fome e à pobreza.

De volta ao brasil, Rogéria formou-se advogada aos 48 anos e foi idealizadora do Projeto Mulheres em Ação – grupo que atualmente coordena e é formado por mulheres voluntárias em toda a grande salvador. O projeto desenvolve assistência social junto a todos os que vivem em situação de vulnerabilidade social nas comunidades, ruas, creches, escolas, abrigos, asilos e unidades prisionais.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br