Centro de Logística e Multiuso é implantado em Conceição da Feira

Vista aérea da sede do município de Conceição da Feira. Município ganha com a criação do CLM 101 o município desenvolve nova matriz econômica.

Vista aérea da sede do município de Conceição da Feira. Município ganha com a criação do CLM 101 o município desenvolve nova matriz econômica.

Vista aérea do local onde será implantado o CLM 101, no município de Conceição da Feira.

Vista aérea do local onde será implantado o CLM 101, no município de Conceição da Feira.

Mapa da Ferrovia - Salvador, Conceição da Feira, Alagoinhas, Feira de Santana. CLM 101 possui localização estratégia.

Mapa da Ferrovia – Salvador, Conceição da Feira, Alagoinhas, Feira de Santana. CLM 101 possui localização estratégica.

Nos últimos anos, o Nordeste tem sido um campo promissor de negócios e tem despertado o interesse de empresários para investir na região. Em decorrência do potencial de crescimento econômico, fábricas de bens de consumo, que concentravam a produção em estados das regiões Sul e Sudeste, passaram a investir em plantas industriais e centros de distribuição em estados como a Bahia, Ceará e Pernambuco.

Observando a demanda crescente dos setores industrial e de logística, o prefeito de Conceição da Feira, Raimundo da Cruz Bastos (Pompílio), encaminhou projeto de Lei para a Câmara Municipal objetivando delimitar, instituir e incentivar a implantação do CLM 101 – Centro de Logística e Multiuso.

O empreendimento possui área total de 1.390.000 m² e está localizado às margens da BR 101, ao lado da Ferrovia Centro-Atlântica. O Centro de Logística e Multiuso foi dividido em lotes destinados a diferentes tipos de investimento. O CLM 101 é um empreendimento privado, desenvolvido com recursos próprios, resultante da união das empresas Andrade Mendonça, FCK Construções e Incorporações e Gráfico Incorporadora.

Mensagem sobre o projeto de Lei

Durante sessão ocorrida na Câmara Municipal de Conceição da Feira, na quinta-feira (09/06/2016), foi apresentado aos vereadores e membros da comunidade as características técnicas e a importância socioeconômica do empreendimento para o desenvolvimento da atividade econômica do município.

Em mensagem de Lei, o prefeito Pompílio destacou que o empreendimento acrescenta uma nova matriz econômica à Conceição da Feira, possibilitando estimular o crescimento dos setores de serviço, que atualmente existem no município, a exemplo das atividades de manutenção de máquinas e veículos, limpeza, escritórios de contabilidade e de direito, além dos setores de alimentos e vestuário.

O prefeito destacou, também, que o empreendimento acrescentara receita tributária aos cofres municipais, de forma crescente, no decorrer próximos dos anos. Pompílho conclui a mensagem informando que empregos qualificados para os membros da comunidade estarão sendo criados com a implantação do Centro de Logística e Multiuso.

Consultoria

O empreendimento CLM 101 contou com a consultoria do cientista social Carlos Augusto. O pesquisador atuou no processo de identificação da área e foi responsável pela negociação para implantação do empreendimento. Os primeiros contatos foram mantidos entre Carlos Augusto e o prefeito Pompílio há cerca de dois anos.

Vídeo sobre o empreendimento

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia).