Vereador Edvaldo Lima defende criação de CPI para investigar contratação de aterro sanitário utilizado pelo Município de Feira de Santana

Edvaldo Lima dos Santos defende criação de CPI para investigar contratação de aterro sanitário utilizado pelo Município de Feira de Santana.

Edvaldo Lima dos Santos defende criação de CPI para investigar contratação de aterro sanitário utilizado pelo Município de Feira de Santana.

Durante pronunciamento na sessão ordinária desta quarta-feira (04/05/2016), na Casa da Cidadania, o vereador Edvaldo Lima (PP) pediu a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI e o impeachment do prefeito José Ronaldo de Carvalho (DEM) por este “ter cometido crime de improbidade administrativa”, uma vez que, segundo o Governo Municipal continua utilizando o aterro sanitário, descumprindo uma determinação judicial.

“A Justiça mandou suspender a utilização do aterro, mas este Governo está descumprindo esta determinação e continua colocando o lixo naquele aterro. Eu pedi, através de requerimento, uma justificativa para esse descumprimento, mas até hoje não recebi nenhuma explicação. Por que esse Governo não respeita uma determinação judicial?”, indagou Edvaldo Lima.

O vereador questionou ainda quanto o Município gastou para transportar o lixo de Feira de Santana para a cidade de São Francisco do Conde, quando o aterro de Feira ficou interditado judicialmente. “Não fala quanto gastou para levar todo o lixo para São Francisco do Conde. Esse gestor não respeita as leis federais e não temos outra opção a não ser criar uma CPI e pedir o impeachment do prefeito por improbidade administrativa”, sugeriu.

Em aparte, o edil Justiniano França (DEM) lembrou que na sessão ordinária da última terça-feira (03) fez uma explicação sobre a situação do aterro sanitário da cidade. “Pode ficar tranquilo. Enquanto eu estive à frente da Secretaria de Serviços Públicos, nada foi gasto, além do pago em contrato para transportar o lixo para São Francisco. Quando se faz o contrato, a empresa é responsável pelo destino final, independentemente do local. Agora, gostaria de lhe pedir que visse junto ao INEMA, porque há quase dois anos a renovação da licença do aterro ainda está em análise. Pelo prestígio que tem com o Governo do Estado, peço que nos ajude com essa informação”.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br