Salvador: operários são convidados especiais do ‘Festival Eu Sou a Concha’

Operário que trabalharam na reforma da Concha Acústica assistirão ao show de reabertura com Maria Bethânia.

Operário que trabalharam na reforma da Concha Acústica assistirão ao show de reabertura com Maria Bethânia.

Nomes marcantes da música estão garantidos para o evento de reabertura da Concha Acústica do Teatro Castro Alves, localizado no Campo Grande, em Salvador, marcado para 13 de maio de 2016, mas o show começou bem antes do anúncio da reinauguração do espaço. Cerca de 400 operários trabalharam de maneira orquestrada durante as obras da primeira etapa do Projeto Novo TCA.

Diversas frentes de trabalho foram criadas para que o equipamento cultural ficasse completamente repaginado. Construção, reparo e pintura elevaram a concha a um novo patamar, dando orgulho e alegria a quem suou a camisa para transformar o que era projeto numa estrutura concreta.

Em reconhecimento ao esforço, os trabalhadores são os convidados especiais no primeiro dia do ‘Festival Eu Sou a Concha’, que terá atrações como as cantoras Maria Bethânia e Margareth Menezes, recordista de apresentações no espaço. Eles vão desfrutar de tudo o que ajudaram a construir.

Para Salatiel Santos Gomes, cabo de turma de encanador, ocupar as arquibancadas durante os shows é motivo de celebração. “É difícil esconder a minha alegria. A gente trabalhou muito, focado e buscando a excelência. Agora somos reconhecidos pelo nosso empenho. É fantástico”.

Conforto e segurança

Em fase final, as obras deram origem a equipamentos modernos para conforto e segurança do público. Arquibancadas coloridas, camarotes modulados, área para saída de emergência, edifício garagem com mais de 300 vagas de estacionamento são algumas das novidades. A Passarela Técnica, de 62 metros, construída em cima do palco, amplia a versatilidade da concha.

Para o encarregado geral da obra, Jorge Porto, ter participado da reconstrução do espaço é motivo de orgulho. Ele conta que participou das obras da Arena Fonte Nova, “mas a Concha Acústica do TCA representa ainda mais”.

O operário George Vicente da Conceição afirma que trabalhar na reconstrução da concha significou uma mudança de vida que almejava.  Ele ficou muito tempo sem emprego até ser contratado. “Estava passando por uma situação [difícil]. Sou um pai de família que estava sem trabalho e precisava garantir a qualidade de vida de minha esposa e filhos. Graças a Deus tive a oportunidade de voltar a trabalhar e isso me fez traçar objetivos mais otimistas para o futuro”, diz.

Atrações em várias linguagens

Com direção artística de Elísio Lopes Jr., o festival reúne grandes nomes da música brasileira e contempla diversas linguagens artísticas em três dias de celebração. No dia 13 de maio (sexta-feira), o público confere o espetáculo cênico-musical ‘Kindembu’, que traz a linguagem e a relevância do Afoxé Filhos de Gandhy, Cortejo Afro, Ilê Aiyê, Malê Debalê e Muzenza.

O espetáculo, em que eles fazem um diálogo criativo com músicos da nova geração, tem ainda a participação do Olodum. Completam a programação do primeiro dia do festival, o show de Maria Bethânia num encontro com Margareth Menezes, recordista de apresentações na Concha.

No dia 14 de maio (sábado), Carlinhos Brown convida Lazzo Matumbi e, em seguida, o grupo BaianaSystem propõe um diálogo musical com o cantor Ney Matogrosso. O dia 15 de maio (domingo) reserva um encontro histórico – os Novos Baianos, que voltam a se reunir para um show com base no repertório do emblemático disco ‘Acabou Chorare’ e para prestar homenagem ao cantor e compositor baiano João Gilberto.

Nos três dias do festival, as apresentações musicais serão entremeadas por intervenções cênicas que devem envolver a área da Concha Acústica, como um todo, misturando performances de dança, efeitos cênicos, música e audiovisual.

Agenda

13/05 (sexta-feira)

 – Show de Maria Bethânia – participação especial de Margareth Menezes.

– Espetáculo cênico-musical ‘Kindembu’ – Afoxé Filhos de Gandhy convida Tropical Selvagem; Cortejo Afro convida Márcia Castro; Ilê Aiyê convida Dão; Male Debalê convida Larissa Luz; e Muzenza convida Ellen Oléria. O Olodum tem participação especial.

Horário – 18h

14/05 (Sábado)

Show de Carlinhos Brown – participação especial de Lazzo Matumbi.

BaianaSystem – participação especial de Ney Matogrosso

Horário – 18h

15/05/ (Domingo)

Show dos Novos Baianos – ‘Acabou Chorare’ e homenagem a João Gilberto

Horário – 19h

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br