Realizadas primeiras audiências públicas do Plano de Resíduos Sólidos de Feira de Santana

Audiência pública debate Plano Municipal de Resíduos Sólidos de Feira de Santana.

Audiência pública debate Plano Municipal de Resíduos Sólidos de Feira de Santana.

Foram realizadas nesta terça-feira, (10/05/2016), as primeiras audiências públicas visando a elaboração do Plano Municipal de Resíduos Sólidos de Feira de Santana. Os encontros com a comunidade aconteceram no Feira X, durante a tarde, e no Tomba, a noite. Os representantes da empresa Envex, Daniel Tha e Cynthia Hoppen, apresentaram ao público um panorama da gestão de resíduos sólidos no Brasil e as diretrizes para Feira de Santana.

Os participantes puderam opinar sobre os pontos apresentados e fazer sugestões. Também participaram das audiências o presidente da Agência Reguladora de Feira de Santana, Manoel Cordeiro, o chefe de gabinete da Secretaria Municipal de Serviços Públicos, Deibson Cavalcante, representantes da Artemares (Associacao Regional de Trabalhadores Em Materiais Reciclaveis de Feira de Santana e Municipios Vizinhos), da Coobafs (Cooperativa de Badameiros de Feira de Santana), e empresários locais. Durante as audiências também foram montados grupos para discussão dos temas apresentados e levantamento de informações.

As audiências continuam nesta quarta-feira, no CRAS do distrito Maria Quitéria, às 10h, e na quinta-feira, no Auditório João Batista de Cerqueira, da Secretaria Municipal de Saúde.

O Plano Municipal de Gestão Integrada foi assinado em fevereiro encontra-se em fase de diagnóstico. Estão sendo levantadas informações que irão nortear a Gestão de Resíduos Sólidos do Município nos próximos 20 anos. A Prefeitura e a Envex Engenharia e Consultoria também elaboraram questionários on line que estão sendo respondidos por moradores da cidade, indústrias e comércio. Cerca de 400 já foram respondidos.

Cada um dos questionários tem perguntas diretas e específicas e neles quem responder é orientado a deixar a sua sugestão. O questionário para as indústrias pode ser acessado pele endereço eletrônico http://goo.gl/forms/q0aYvBEpkR; o do comércio http://goo.gl/forms/E481Ph5ySM  e o destinado ao público  http://goo.gl/forms/sgxkEF0C82.  O link para o facebook é o https://goo.gl/m8Hpel.

Planos de resíduos sólidos

Os planos de resíduos sólidos foram instituídos como instrumentos de planejamento para a estruturação do setor público. Esse planos trazem como inovação, que o escopo de planejamento não deve tratar apenas dos resíduos sólidos urbanos (domiciliares e limpeza urbana), e sim de uma ampla variedade de resíduos sólidos: domiciliares, de limpeza urbana, de estabelecimentos comerciais e prestadores de serviços, dos serviços públicos de saneamento, industriais, de serviços de saúde, da construção civil, de serviços de transportes e de mineração.

Os planos de resíduos sólidos devem abranger o ciclo que se inicia desde a geração do resíduo, com a identificação do ente gerador, até a disposição final ambientalmente adequada dos rejeitos, passando pela responsabilização do setor público, titular ou concessionário, do consumidor, do cidadão e do setor privado na adoção de soluções que minimizem ou ponham fim aos efeitos negativos para a saúde pública e para o meio ambiente em cada fase do “ciclo de vida” dos produtos.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br