Presidente do TRE da Bahia elogia atuação de servidores durante fechamento do cadastro eleitoral

Desembargador Mário Alberto Simões Hirs elogia atuação de servidores durante fechamento do cadastro eleitoral.

Desembargador Mário Alberto Simões Hirs elogia atuação de servidores durante fechamento do cadastro eleitoral.

O presidente da Corte Eleitoral baiana, desembargador Mário Alberto Simões Hirs, destacou, em sessão realizada na manhã desta quinta-feira (05/05/2016), a atuação dos servidores do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) durante a fase do fechamento do cadastro eleitoral. Na sessão, a corte aprovou por unanimidade a moção de congratulação proposta pelo desembargador, que determinou, ainda, a inclusão do elogio nos assentamentos funcionais dos servidores.

Por conta do alto fluxo de eleitores que compareceram à sede do Tribunal nesta quarta-feira (4/5), último dia antes do encerramento do cadastro, o atendimento precisou ser estendido até às 22 horas.

“Gostaria de parabenizar publicamente, como presidente e cidadão, a colaboração de todos os funcionários deste tribunal pelo atendimento prestado à população durante o período do alistamento eleitoral. No entender de todo o corpo do Tribunal, a ação foi um sucesso. Esses [servidores] são os verdadeiros heróis anônimos”, declarou o presidente.

Números expressivos

Foram atendidos, ontem (4/5), somente em Salvador, 5.425 pessoas, em geral eleitores que deixaram para procurar atendimento de última hora, a fim de fazer a regularização eleitoral e solicitar a emissão da primeira via do título ou a transferência de município.  Entre o dia 1º e 3 de maio, cartórios e demais postos da Justiça Eleitoral baiana atenderam  mais de 366 mil eleitores em todo o estado. Em Salvador, o número total de atendimentos no mesmo período foi de cerca de 49 mil.

Julgamento de processos

Após os agradecimentos, os juízes membros se debruçaram sobre as demandas judiciais previstas para o dia. Na sessão, foram julgados diversos processos de relatoria do juiz federal Carlos d’Ávila Teixeira, que encerra o seu biênio no dia 8 de maio, mas se despede na tarde desta quinta-feira (5/5), última sessão do mês de maio.

Dentre os casos apreciados, os recursos eleitorais número 222-25 e 544-16, que tratam de ações de investigação judicial eleitoral contra as coligações “Unidos Pela Vitória Do Povo”, do município baiano Formosa do Rio Preto e “Vamos construir o Mucuri que queremos”, respectivamente. Em ambos os casos, o magistrado negou provimento ao recurso. Os juízes membros também acompanharam o relator, votando, por unanimidade, rejeitando o recurso eleitoral.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br