Presidente Dilma Rousseff: país fará a mais bem-sucedida Olimpíada, apesar de instabilidade política

Durante cerimônia de acendimento da Tocha Olímpica Rio 2016, presidente Dilma Rousseff ao lado de esportista segura Tocha.

Durante cerimônia de acendimento da Tocha Olímpica Rio 2016, presidente Dilma Rousseff ao lado de esportista segura Tocha.

A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (03/05/2016) que o Brasil vai receber bem atletas e turistas estrangeiros para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, apesar da grande instabilidade política atual no país. Ela destacou ainda que o Brasil está pronto para realizar a mais bem-sucedida edição das olimpíadas. Dilma participou nesta manhã da cerimônia de acendimento da tocha olímpica no Palácio do Planalto.

“Sabemos das dificuldades políticas que existem em nosso país hoje. Conhecemos a instabilidade política. O Brasil será capaz de, mesmo convivendo com um período difícil, muito difícil, verdadeiramente crítico da nossa história e da história da democracia do nosso país, conviver porque criamos todas as condições para isso com a melhor recepção de todos os atletas e de todos os visitantes estrangeiros. Tenho certeza de que um país cujo povo sabe lutar pelos seus direitos e que preza e sabe proteger sua democracia é um país onde as Olimpíadas terão o maior sucesso nos próximos meses”, afirmou, ao fazer referência ao processo de impeachment que tramita contra ela no Senado Federal.Ao dar as boas-vindas à chama olímpica, Dilma disse que o Brasil está pronto para realizar a mais bem-sucedida edição dos Jogos Olímpicos. “Está pronto e nós trabalhamos para isso. Praticamente, todas as instalações esportivas nos centros olímpicos da Barra e de Deodoro estão prontas. Todos os 39 eventos-testes realizados até agora foram bem-sucedidos”, acrescentou.

Dilma ressaltou que o povo brasileiro será os melhores anfitriões para atletas e visitantes. “O Brasil é um país onde expressões culturais as mais diversas, inclusive no campo religioso, tem o seu espaço e a sua vez. Essa capacidade de culturas diferentes conviverem de forma respeitosa é uma das principais mensagens que as Olimpíadas e as Paraolimpíadas afirmam como exemplo para humanidade”.

A lanterna contendo a chama olímpica chegou hoje às 7h25 ao Aeroporto Internacional de Brasília, ponto de partida para um roteiro que, nos próximos 95 dias, incluirá 327 cidades das cinco regiões do país, passando pelas mãos de 12 mil pessoas até chegar, no dia 5 de agosto, ao Estádio Maracanã, local onde será acesa a Pira Olímpica e celebrada a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. A chama foi acesa no dia 21 de abril, em frente ao Templo de Hera, localizado na cidade grega de Olímpia.

*Com informação da Agência Brasil.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br