ONU Brasil lança concurso de vídeos de 1 minuto, com o tema igualdade de gênero

Cartaz anuncia concurso de vídeos com o tema 'igualdade de gênero'.

Cartaz anuncia concurso de vídeos com o tema ‘igualdade de gênero’.

As Nações Unidas lançaram nesta semana um concurso de vídeos para estudantes do Ensino Médio e profissionais de audiovisual. O “Concurso de Vídeos de 1 minuto: O valente não é Violento” traz o tema “Como seria o mundo sem as imposições sociais em relação ao que é esperado de homens e mulheres?”

As e os vencedores do concurso terão seu vídeo exibido por canais da ONU Brasil durante os ’16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres’, celebrados mundialmente de 25 de novembro a 10 de dezembro de 2016.

O concurso é realizado pela ONU como parte da iniciativa regional O Valente não é Violento da campanha do secretário-geral das Nações Unidas “UNA-SE Pelo Fim da Violência contra as Mulheres”.

O objetivo do concurso de vídeos é celebrar o direito de todas e todos a uma vida plena e com dignidade – sem discriminações de gênero, raça, etnia e orientação sexual. A ação busca também estimular papeis sociais que empoderem as mulheres e meninas: nas escolas, na vida profissional, na política, nos esportes, entre outros.

As pessoas interessadas podem concorrer enviando suas inscrições e vídeos até o dia 30 de setembro de 2016. As inscrições estão disponíveis no site ovalentenaoeviolento.org.br, na aba “Concurso”.

Os vídeos devem ter a duração máxima de 1 minuto e podem ser realizados nos mais diferentes formatos: minidocumentário, ficção, animação, sequência de fotos, textos ou desenhos, matéria jornalística, entre outros.

Campanha UNA-SE

A campanha “UNA-SE para Pelo Fim da Violência contra as Mulheres” é um marco de ação integral para prevenir e eliminar a violência contra mulheres e meninas em todas as partes do mundo. Foi lançada pelo secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, em fevereiro de 2008 com o objetivo de gerar mais consciência pública e aumentar a vontade política e os recursos designados a prevenir e responder à violência contra mulheres e meninas.

Dessa forma, a iniciativa faz um chamado a governos, sociedade civil, meios de comunicação, setor privado, jovens, homens e mulheres para somar esforços e por fim à violência contra as mulheres e meninas.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br