MPF – Ranking da Transparência: prazo da avaliação dos portais de entidade pública é prorrogado

Páginas 2 e 3 do relatório 2015, elaborado pelo MPF, apresenta ranking da transparência dos sites de entidades públicas da Bahia.

Páginas 2 e 3 do relatório 2015, elaborado pelo MPF, apresenta ranking da transparência dos sites de entidades públicas da Bahia.

O Ministério Público Federal (MPF) prorrogou, até o dia 25 de maio de 2016, o prazo final do período de avaliação dos portais dos estados e municípios com base em questionário desenvolvido pela Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro (Enccla), referente à segunda fase do projeto Ranking da Transparência. As unidades do MPF em todo Brasil já avaliaram 96% de todos os municípios e estados. A meta do projeto é alcançar 100% dos portais, como na primeira fase da análise.

Os estados do Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo e Tocantins ainda não concluíram a avaliação.

Até o momento, o gerenciador de dados registrou a avaliação de 5.347 municípios. Restam, ainda, 221. Ao final das avaliações, o MPF irá divulgar nova classificação de acordo com o cumprimento da Leis da Transparência, conhecida como Ranking da Transparência, no mês de junho.

O ranking consiste na classificação de estados e municípios por boas práticas de transparência. A finalidade do projeto é garantir a acessibilidade às informações de estados e municípios como ferramenta de controle social dos gastos públicos.

Baixe

Relatório 2015 elaborado pelo MPF apresenta ranking da transparência dos sites de entidades públicas da Bahia

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br