Lentes de Contato para os dentes são uma nova técnica para deixar o sorriso mais bonito e natural

Cirurgiã Kamila Figueiredo Alves.

Cirurgiã Kamila Figueiredo Alves.

Lente de contato dental.

Lente de contato dental.

A odontologia estética conta atualmente com procedimentos que permitem correções mais avançadas e a garantia de um sorriso perfeito. Um desses procedimentos é a adaptação das lentes de contato dental, finíssimas películas de cerâmica coladas sobre os dentes, que hoje têm como maior novidade a forma como são confeccionadas. As novas técnicas possibilitam preparos dentais extremamente conservadores e se apoiam nos conceitos de adesão para serem fixadas. Tudo isso unindo os conceitos de harmonia, equilíbrio e simetria do sorriso para melhorar forma, textura e cor dos dentes.

Indicadas para corrigir manchas, irregularidades e diastemas (dentes separados), as lentes de contato são permanentes e não têm necessidade de serem trocadas, o melhor caminho para a durabilidade do tratamento é a manutenção e a prevenção, pois assim como ocorre nos dentes naturais, a falta de cuidado pode gerar problemas como degradações em decorrência de cáries e desgastes, por exemplo. “Por isso a necessidade de visitar sempre o dentista”, ressalta a cirurgiã-dentista Kamila Figueiredo Alves, especialista em Prótese Dentária, mestra em Clínica Odontológica (EBMSP), professora do Instituto Prime e dentista na Clínica Cenior.

O primeiro passo para adaptação das lentes de contato, também chamadas de laminados cerâmicos, é uma consulta em consultório odontológico para saber qual a indicação do procedimento. O tratamento leva, em média, quatro sessões que consistem em consulta inicial, aprovação do planejamento pelo paciente, preparo dos dentes e finalização com a instalação das lentes. O investimento financeiro médio para o tratamento é varia entre R$ 2 mil a R$ 3.500, por dente.

Os pacientes que têm os dentes bem posicionados no arco obtêm os melhores resultados no tratamento, mas, de acordo com a especialista, são poucas as contraindicações para o procedimento. Nem mesmo o fumo é uma contraindicação, sobretudo, porque a cerâmica não sofre alteração de cor e não pigmenta.

“É importante a avaliação de um especialista para que esses fatores como doença periodontal (na gengiva), bruxismo, recessões gengivais e apinhamento dental possam ser resolvidos antes do tratamento”, recomenda. Essa avaliação é fundamental, pois em alguns casos pode ocorrer uma associação da lente de contato com outro tipo de tratamento, como por exemplo a ortodontia ou plástica gengival, para melhorar a estética final.

Curso

A cirurgiã Kamila Figueiredo Alves, que recentemente participou em São Paulo de um curso sobre Lentes de Contato com a equipe do IGP e com a presença do venezuelano Victor Sánchez – um dos nomes mais importantes da odontologia estética personalizada e de alta tecnologia – comenta que a aula trouxe aos participantes importantes conceitos sobre preparos dentais minimamente invasivos. “O encontro nos mostrou com muito amor que a odontologia vai além dos dentes e que tudo começa em nosso coração”, comenta.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br