Feira de Santana: vereador defende construção do Shopping Popular em área do artesanato do Centro de Abastecimento

David Neto reclama da Embasa, de bloqueio de avenida e defende construção do Shopping Popular.

David Neto reclama da Embasa, de bloqueio de avenida e defende construção do Shopping Popular.

Em discurso proferido na tribuna da Casa da Cidadania, nesta quarta-feira (18/05/2016), o vereador David Neto (DEM) se queixou dos buracos provocados por problemas relacionados aos serviços da Embasa e defendeu a construção do Shopping Popular de Feira de Santana.

“Quero chamar atenção da Embasa de Feira de Santana, eu me lembro algum tempo atrás que ela tinha um diretor, senhor Neidson, que fazia um grande trabalho no nosso município, mas agora estamos observando o desleixo com Feira de Santana que a Embasa está fazendo.

No bairro da Pampalona abriram muitas ruas e deixaram só os buracos. Os buracos estão tomando conta da Pampalona porque a Embasa não está cumprindo o seu papel. A Embasa abre um ‘túnel’ no meio das ruas, depois ela tapa, joga terra e deixa as pedras lá”, criticou.

O democrata acrescentou: “na rua Amaralina tem o conjunto Universo, que foi todo calçado, mas se vocês chegarem lá hoje vão observar que está intransitável, porque falta a Embasa concluir o trabalho dela”, lamentou David Neto, cobrando da Prefeitura Municipal de Feira de Santana uma posição firme contra a concessionária.

Ele continuou dando exemplos de prejuízos causados à cidade por conta de obras malfeitas pela empresa.   “Agora mesmo eu vi, no bairro da Gabriela, um ônibus desse novo, que foi uma grande luta para trazer para cá, afundar, porque abriram uma rua e largaram lá a cratera”, disse o edil, cobrando da Embasa a recolocação do  calçamento, após  serviços como  rede de esgoto.

Bloqueio de avenida

Mudando de foco, ele criticou a queima de pneus e o bloqueio da avenida João Durval Carneiro, ocorrido ontem, por conta do início das obras da segunda trincheira do BRT.  “Ora, foram feitas diversas reuniões, inclusive saiu na televisão, com empresários daquele local, foi conversado que iria abrir um túnel lá. Agora, que começou a obra, vem o problema”, declarou Davi, salientando que Feira de Santana precisa se desenvolver.

Shopping Popular

Na sequência, o edil defendeu a construção do Shopping Popular, que as obras estão paradas  aguardando decisão judicial para conclui-las. De acordo com David Neto, o equipamento, além de promover a geração de centenas de empregos, vai requalificar o Centro Comercial de Feira de Santana, onde comerciantes ambulantes se encontram pulverizados com suas barracas pelas ruas centrais.

“Eu acho que nós temos que ajudar o nosso prefeito, e o Judiciário tem que olhar Feira de Santana com bons olhos também, despachar, dar logo o parecer nesse processo,  para que  o Shopping Popular seja  logo erguido, onde vai atender ali 1.800 comerciantes, que serão retirados das ruas e  nosso centro da cidade deixará de ser uma favela”, anseia.

Na oportunidade, ele solicitou à Polícia Militar mais policiamento no Centro de Abastecimento para combater a criminalidade no local. “A polícia tem que cumprir o papel dela também”, pontuou.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br