Ex-ministro José Dirceu é condenado a 23 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro

Ex-ministro José Dirceu de Oliveira e Silva é condenado a 23 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro.

Ex-ministro José Dirceu de Oliveira e Silva é condenado a 23 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro.

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operaçãpo Lava Jato, condenou o ex-ministro José Dirceu a 23 anos e três meses pelos crimes de crimes de corrupção, de lavagem e de pertinência à organização criminosa. A pena deverá ser cumprida inicialmente em regime fechado. Dirceu pode recorrer da condenação.

No mês passado, o Ministério Público Federal (MPF) pediu à Justiça Federal do Paraná a condenação do ex-ministro José Dirceu, do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, e de mais 13 réus da ação penal decorrente da 17ª fase da Operação Lava Jato, batizada de Pixuleco. O pedido foi feito nas alegações finais.

No pedido, o MPF acusa Dirceu dos crimes de organização criminosa, corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Baixe

Sentença judicial que condena José Dirceu de Oliveira e Silva na Lava Jato a 23 anos de prisão

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br