Educação a distância pode ajudar a diminuir déficit de professores na Bahia

Educação a distância pode ajudar a diminuir déficit de professores na Bahia.

Educação a distância pode ajudar a diminuir déficit de professores na Bahia.

No final do ano passado, o Governo do estado anunciou processo de contratação de mais de sete mil professores ainda no primeiro semestre do ano, mesmo no cenário de redução de custos em todo o setor público. A oferta de vagas de trabalho e o histórico da falta de professores são alguns dos fatores que explicam a alta demanda pelo curso de Pedagogia no primeiro processo seletivo realizado pela Unijorge em todo o estado, na modalidade educação a distância.

O curso teve inscritos em 24 dos 25 polos EAD da instituição presentes no estado e representa quase 30% do total de alunos matriculados neste primeiro processo seletivo. Na Bahia, as cidades de Iraquara, Ribeira do Pombal, Rio Real e Maracás foram as campeãs desta demanda.

Segundo o reitor da Unijorge, Guilherme Marback Neto, a expectativa pelo curso de Pedagogia é grande e mostra a dimensão democrática do ensino a distância. “Com o EAD, cidades com menos de 50 mil habitantes agora podem formar novos professores com capacidade para promover uma educação de qualidade na região”, diz.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br