Cantor Leonardo recria clima de botequim em novo trabalho inédito

Cantor Leonardo lança álbum 'Bar do Leo'.

Cantor Leonardo lança álbum ‘Bar do Leo’.

Com o clima descontraído dos botequins e para relembrar onde tudo começou – em um bar, Leonardo lançou no dia 25 de abril de 2016 o mais recente trabalho, ‘Bar do Leo’. O álbum traz, no repertório, arranjos e melodias com a cara do artista, que tem mais de 50 milhões de cópias vendidas. O projeto conta com 13 músicas, sendo seis inéditas. Além das novidades, o álbum traz regravações de sucesso, como “Linda Linda”, “Tranque a Porta e Me Beija” e “Dona do Meu Destino”, além de “Ternura (Somehow It Got To Be Tomorrow (Today))”, eternizado por Wanderléa. “Bar do Leo” já está nas lojas de todo o Brasil e nas plataformas digitais

– Quem vai para o bar é um homem feliz! Vai para ver os amigos e amigas, comemorar ou acalmar o chifre. Chique ou simples, bar é só alegria!-, brinca Leonardo.

Este é o primeiro trabalho do Leonardo após o sucesso de “Cabaré” em parceria com Eduardo Costa que, além de bater recordes de vendas, permanece um fenômeno com shows por todo o Brasil. Com 18 CDs e cinco DVDs lançados, Leonardo celebra com “Bar do Leo” uma longa carreira marcada por sucessos que embalam diversas gerações. A voz por trás de alguns dos maiores hits do sertanejo apresenta ao público um projeto que exalta a trajetória do artista fenômeno do gênero que mais cresce no Brasil.

– Após trinta e quatro anos liderando as paradas de sucesso, Leonardo, o cantor que tem lágrimas na voz, vem nos tirar da tristeza e da solidão, com sua música e com sua luz, nesse novo trabalho: “Bar do Leo”. Para você que, assim como eu, gosta de curtir a vida, de ser feliz, de se emocionar e cantar as músicas nascidas da raiz do nosso Brasil, chega a nossas mãos mais um trabalho deste artista que não desiste nunca! Sorte a nossa! Peça então um chope estupidamente gelado, um petisco delicioso e chame os amigos e as moças bonitas para curtir “Choro, choro de saudade”, “Pergunte ao dono do bar”, “Tranque a porta e me beija”, “Bora tomar uma”, entre tantas outras que já nasceram para fazer parte da sua vida! Sucesso para você, meu amigo Leonardo! Quem te conhece, não te esquece! Então, não perca tempo! Chame o garçom e vem ser feliz – afirma Pedro Vasconcelos, diretor da TV Globo.

Sobre “Bar do Leo”

Cantor sertanejo de maior sucesso no Brasil, Leonardo poderia se permitir qualquer coisa diante de carreira tão bem-sucedida e obra consolidada. Mas, após três décadas de trajetória musical, ele quis gravar a alegria neste 18º trabalho solo, desde 1999 – “Bar do Leo”.

Praticamente todas as canções fazem referência ao clima de bar, de roda de amigos, de conversa, de diversão sem preocupação. Talvez a luz tenha acendido após o trabalho em dupla que fez com Eduardo Costa, em 2014, “Cabaré”. Só que o próprio explica a motivação: “Quem vai para o bar é um homem feliz! Vai para ver os amigos e amigas, comemorar ou acalmar o chifre. Chique ou simples, bar é só alegria!”.  É o que traduzem as 13 músicas do trabalho, seis inéditas e sete regravações, igualmente novidades em sua voz. Aliás, é o primeiro trabalho em formato de inéditas desde “Vivo Apaixonado”, de 2013.

O que impressiona é a capacidade de transformar em ouro tudo o que toca. A turnê com Eduardo Costa ainda é campeã de requisições. O cantor tem quase dois milhões de seguidores no Instagram, 5,5 milhões de fãs no Facebook e seus clipes já foram vistos mais de 60 milhões de vezes no YouTube.

Com tanta demanda, ele faz uma média de 120 shows por ano, e não tinha como isso não ser traduzido no disco. Mesmo a música de abertura que leva o título de “Choro, Choro de Saudade” monta um clima festivo em toque de arrocha, acordeon, acento latino e a voz tão característica do cantor.

“O Gelo” (“que ela me deu/tô tomando com uísque”) pode ser uma bela balada de violão, mas igualmente traduz o romantismo de astral elevado sertanejo característico da obra dele. Acrescente arranjo de cordas e terá “Pergunte ao Dono do Bar”. Ou mesmo influência de country norte-americano misturado ao sertanejo de raiz em “Do Bar Pra Igreja”.

De autoria de Eduardo Costa, ele cria um clima latino com trompete misturado às cordas em “Prazer por Prazer” e faz a versão nacional da balada clássica “All Out of Love”, que em português vira “Só Um Grande Amor”. Outra versão é de “Somehow It Got to be Tomorrow (Today)”, carregada de cordas como “Ternura”.

O trompete volta misturado à percussão em “Tranque a Porta e me Beija”, o trabalho ganha um sopro a Roberto Carlos na quase tango “Segredo de Alma” e volta totalmente orgânico na levada de saxofone de “Embriagado de Amor”.

“Dona do Meu Destino” você certamente já ouviu por aí, como a primeira música de trabalho, é uma balada romântica que flerta com o sertanejo e country, e temos ainda um quase pop recheado de cordas, percussão e acordeon em “Linda, Linda”.

Como o tema é bar, há espaço para o arrocha “Bora Tomar Uma”, enquanto o “Bar do Leo” pede para ser tocado em repeat como trilha-sonora de qualquer bar que se preze por aí. Ou qualquer lugar em que diversão é ingrediente fundamental. Bora ouvir de novo?

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br