Buraco em rua da cidade de Feira de Santana é objeto de requerimento formulado por vereador

José da Costa Correia Filho (Correia Zezito) solicita que seja encaminhado a Embasa o pedido para que um buraco na rede de esgoto, localizado na Rua Tupinambá, em frente à igreja católica que fica situada no bairro da Mangabeira, seja tapado.

José da Costa Correia Filho (Correia Zezito) solicita que seja encaminhado a Embasa o pedido para que um buraco na rede de esgoto, localizado na Rua Tupinambá, em frente à igreja católica que fica situada no bairro da Mangabeira, seja tapado.

O vereador Correia Zezito (PSL) é o autor de um requerimento que solicita que seja encaminhado a Embasa o pedido para que um buraco na rede de esgoto, localizado na Rua Tupinambá, em frente à igreja católica que fica situada no bairro da Mangabeira, seja tapado.

O requerimento foi aprovado por maioria, com voto contrário do vereador Alberto Nery (PT), na sessão desta terça-feira (24/05/2016), na Câmara Municipal de Feira de Santana.

De acordo com o requerimento, os moradores reclamam do perigo e risco de acidentes, principalmente por que ali perto existe uma escola e por lá trafega muitas crianças.

Na votação do requerimento, o vereador Edvaldo Lima (PP) ressaltou que queria crer nas boas intenções do vereador Correia Zezito, mas fazer requerimento para tapar buraco não é compreensível. “Entendo que o parlamentar se equivocou. Tapar buraco não é obrigação da Embasa, mas do Município. Se foi um buraco que estourou fizesse um ofício à Embasa, mas sinceramente não é da ossada dos parlamentares fazer requerimento para tapar buracos”, disse.

O presidente da Casa, o vereador Ronny (PHS), destacou que não poderia deixar de parabenizar o autor do requerimento já que é um momento em que a Casa não poderia deixar de aprová-lo. “Respeito o vereador Edvaldo, mas querer culpar o Governo Municipal pelos buracos que estão sendo feitos no Município de Feira de Santana pela Embasa, não. Não é justo a Prefeitura pavimentar, a Embasa quebrar e depois a Prefeitura voltar refazendo o serviço”, disse. Ronny citou como exemplo o bairro do Caseb, pavimentado pela Prefeitura, que a Embasa vem quebrando rua à rua para instalar rede de esgoto.

O vereador Roque Pereira (DEM) criticou a ânsia do colega de “bater” no Governo Municipal e disse que ele perde o poder de analisar os projetos discutidos na Casa. “Todos sabem dos péssimos serviços prestados pela Embasa, não só no fornecimento de água como na pavimentação das ruas após quebrá-las”, criticou.

Na opinião do vereador Beldes Ramos (PT) não haveria a necessidade de se fazer um requerimento, mas como é um pedido da comunidade ele votaria favoravelmente. Beldes ainda falou sobre a cidade de Itabuna que não fez um convênio com a Embasa, mas com outra empresa, e agora passa por uma escassez de água pelos péssimos serviços prestados pela atual concessionaria. “A Embasa é a única empresa que consegue cumprir com o abastecimento de água no estado, mesmo com toda dificuldade”, justificou.  Sobre a quebra da pavimentação para o esgotamento sanitário, Beldes explicou que não tem como se quebrar e fazer a pavimentação da mesma forma.

Já o autor da matéria explicou que o buraco está causando alagamento na rua, prejudicando os moradores. Correia disse que fez várias reclamações, a Embasa consertou, mas alagamentos voltaram. “Podem ir lá agora que verão a situação deste buraco. Os moradores jogaram entulho, colocaram uma madeira para os carros não caírem”, denunciou.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br