Bahia e Cingapura discutem investimentos e oportunidades de negócios agrícolas

Bahia e Cingapura discutem investimentos e oportunidades de negócios agrícolas.

Bahia e Cingapura discutem investimentos e oportunidades de negócios agrícolas.

Em missão diplomática na Bahia, a Chefe da embaixada de Cingapura, Siew Fei Chein, esteve reunida com o chefe de gabinete da Secretaria da Agricultura, Reub Celestino, representando o secretário Vitor Bonfim, para estreitar relações com o Estado e identificar na agropecuária baiana atividades potenciais para possíveis investimentos. Chein revelou que existem empresas com grande interesse em investir nas terras baianas, como já aconteceu com a OLAM, com propriedades instaladas nos municípios de Ilhéus e Barreiras, destinadas à produção de café e cacau. A empresa tem interesse de ampliar a produção e agregar a fabricação de pimenta do reino.

“Esta parceria é uma grande oportunidade de intercâmbio tecnológico, e de fomentar, notadamente, a agroindustrialização no Estado. É preciso dialogar para reconhecer que tipo de investimento ou atividades que podem ser desenvolvidas. Temos interesse em iniciar um programa de ciências e tecnologias: na agricultura, direcionado ao aumento da produtividade, e na pecuária, voltado a melhoria genética”, declarou o chefe de gabinete.

Além do café e do cacau, cadeias produtivas nas quais os produtores investem a cada dia na melhoria da qualidade, especializando a produção de grãos selecionados e amêndoas diferenciadas para produção de chocolates finos, respectivamente; a produção de grãos; a fruticultura e a citricultura, foram algumas das culturas potenciais da Bahia indicadas. “Essas são algumas das culturas estratégicas, diante da grande diversidade de produtos agrícolas cultivados no Estado. Trata-se de uma oportunidade de avançar no mercado internacional, de agroindustrializar a produção, com fabricação de sucos de frutas por exemplo. Cingapura é um exemplo muito bem-sucedido de evolução e crescimento, ao qual o governo do Estado quer se aproximar mais”, ressaltou Celestino.

A chefe da embaixada convidou o governo baiano para conhecer a Latin Asia Business Forum, realizada a cada dois anos na cidade Asiática, que acontece em outubro do ano que vem, e reúne empresários e formuladores de políticas da América Latina e Ásia. O governo do Estado também sugeriu a realização de rodada de negócios para aproximar empresários e produtores baianos dos investidores de Cingapura.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br