Vereador critica secretário de Desenvolvimento Urbano de Feira de Santana; líder defende

Vereador Antonio Rodrigues Pereira (Tonhe Branco) faz críticas ao secretário de Desenvolvimento Urbano, José Pinheiro.

Vereador Antonio Rodrigues Pereira (Tonhe Branco) faz críticas ao secretário de Desenvolvimento Urbano, José Pinheiro.

Em discurso na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, nesta segunda-feira (25/04/2016), o vereador Tonhe Branco (PHS) teceu críticas ao secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, afirmando que José Pinheiro não está apto a atuar no cargo.

“Hoje mais uma vez retorno a esta tribuna para dizer que o nosso prefeito tem que levantar a cabeça e erguer os olhos para Jesus. O secretário José Pinheiro é engenheiro agrônomo, e não engenheiro civil. Se o prefeito não tiver conhecimento com jovem formado em Engenharia Civil, eu tenho para indicar a ele”, disse Tonhe Branco, sugerindo a substituição do secretário de Desenvolvimento Urbano.

O edil afirmou que há três anos vem solicitando máquinas para fazer patrolamento em estradas do distrito de Humildes e, até hoje, nada foi feito. “Quero dizer que três anos, não são três dias. Tenho feito vários pedidos, o prefeito assina, liga para Pinheiro, pedindo o patrolamento no distrito de Humildes, mas a máquina nunca apareceu no povoado de Pau Seco. Para patrolar as ruas, o pessoal precisa pagar do bolso”, queixou-se, afirmando que o mesmo acontece com a coleta do lixo no povoado de Limoeiro. “O lixo é recolhido por moradores em uma carroça”.

“No Limoeiro tem um pré-candidato a vereador, Carlinho Cabeção, que pega uma carroça pra pegar lixo, porque a Prefeitura não faz. Tenho lutado três anos com relação à máquina e o Pinheiro nunca me deu. Ele é funcionário público estadual como eu, não sei se é licenciado, mas mau caráter não é para assumir a função. É preciso colocar um jovem que tenha bom senso e saiba atender aos anseios da comunidade”, disparou.

Tonhe Branco continuou tecendo críticas a José Pinheiro. “Ele é grosso, como todo mundo sabe, o comportamento é péssimo. Nas obras que faz não coloca um fiscal; o calçamento foi feito, nem passou carro e já afundou. Falei com o prefeito sobre isso e quando subo aqui tenho convicção do que estou falando. Do conjunto Paulo Souto até o Feira VII, a máquina só foi lá no tempo de Tarcízio. Quem vai no Pau Seco vê as estradas abandonadas, o pessoal contrata a máquina, só se desloca depois das dez da manhã e cada hora custa R$ 150,00”, disse.

Em aparte, o vereador David Neto (DEM) defendeu o secretário. “Quero dizer que o secretário Pinheiro é secretário de Obras, quem apanha o lixo é o de Serviços Públicos. Quero dizer também que Pinheiro é um homem que não trata mal as pessoas”, afirmou.

Retomando a palavra, Tonhe Branco respondeu. “Não venha defender, se é bom para o senhor é ruim para mim. Todo mundo sabe que ele trata mal, se trata bem ao senhor é problema seu”, pontuou.

José Carneiro defende secretário de críticas proferidas por Tonhe Branco

Durante discurso na tribuna da Casa da Cidadania, nesta segunda-feira (25), o vereador José Carneiro Rocha (PSDB) defendeu o secretário de Desenvolvimento Urbano, José Pinheiro, das críticas proferidas pelo colega Tonhe Branco (PHS).

“Quero me referi primeiro as colocações feitas pelo colega Tonhe Branco na tribuna desta Casa. Não quero contestar o que o senhor fala da forma como o secretário exerce a função, mas tenho uma concepção totalmente diferente. Mas não posso deixar passar em branco a forma ofensiva ao cidadão José Pinheiro, o cidadão pode ter defeitos, mas não é um mau caráter, ele tem boa índole e o fato de não corresponder a expectativa de um e de outro não dá o direito de taxá-lo como mau caráter. É um homem sério, respeitado nesta cidade, que exerce essa função há mais de 15 anos. O senhor não tem o direito de taxá-lo, usar esta tribuna para chamar o cidadão de mau caráter foi de uma infelicidade tamanha”, pontuou.

Em aparte, o vereador David Neto (DEM) se pronunciou sobre o assunto. “Assino embaixo no que o senhor está falando, Pinheiro é um homem de bem, de caráter, é um homem que se falar alguma coisa, se prometer, ele cumpre. Quanto à parte da ignorância não vejo isso e não é só comigo, digo com os outros. É um homem de bem, bom pai de família, excelente secretário. Muitas vezes entendo que a pessoa pode ter outra profissão, se adequar, apesar de ser da agricultura, ele é um ótimo secretário”, avalia.

Justiniano França (DEM) também defendeu o secretário de Desenvolvimento Urbano.  “Gostaria de fazer minhas as suas palavras. O secretário Pinheiro é uma pessoa íntegra e não existe algo que venha manchar, mas a honra de José pinheiro alguém jamais nesta cidade poderá falar”, salientou.

Retomando o discurso, José Carneiro acrescentou mais elogios a José Pinheiro. “O secretário é um homem trabalhador, que acorda cedo e se dedica à função. Acorda às cinco da manhã e às seis já está na garagem liberando as seis máquinas”, afirmou.

Em aparte, o vereador Tonhe Branco (PHS) voltou a criticar o secretário. “Quero dizer que quando estava fazendo um meio-fio no Aviário e eu disse a ele que estava torto, ele disse que eu estava conversando besteira”.

Em seguida, José Carneiro concluiu o pronunciamento ressaltando que não é porque o secretário ignorou a sugestão de Tonhe Branco em relação ao meio-fio que Pinheiro se torna um mau caráter.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br