Relação de votos dos partidos favoráveis ao impeachment

Infográfico apresenta relação entre partidos e votos conferidos ao relatório do impeachment.

Infográfico apresenta relação entre partidos e votos conferidos ao relatório do impeachment.

Por 367 votos a favor, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou na noite deste domingo (17/08/2016) a abertura de processo contra a presidente Dilma Rousseff por crime de responsabilidade. A votação que teve início às 17h46 deste domingo (17), se estendeu até as 23h50.

Desde sexta-feira (15), as lideranças dos partidos orientavam seus parlamentares sobre os posicionamentos das legendas. Após aprovação do parecer do relator Jovair Arantes [PTB-GO] na comissão especial da Câmara, na última segunda-feira (11), muitas das siglas se reuniram e apontaram aquele que seria o posicionamento oficial de seus parlamentares nesta votação. Nem tudo o que era aguardado pelas lideranças, no entanto, se concretizou.

Como votou cada partido

PSD

O líder do PSD na Câmara, Rogério Rosso (DF), anunciou na quarta-feira (13) que sua bancada votaria favoravelmente à continuidade do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. A legenda conta com 37 deputados, desses 29 votaram a favor do impeachment, enquanto outros oito se posicionaram contrariamente ao seguimento do processo.

PTB

A legenda anunciou na quarta-feira (13) a adesão da bancada à proposta do impeachment. Segundo o líder em exercício do partido, deputado Wilson Filho (PB), a orientação da liderança na votação em plenário foi pela instauração do processo. O partido conta com 20 parlamentares em exercício, dos quais 14 votaram a favor do impedimento e seis, contra.

PRB

Na terça-feira (12), o PRB anunciou que votaria favoravelmente ao impeachment. De acordo com o presidente nacional do partido, Marcos Pereira, os 22 deputados federais do partido seguiriam a orientação, o que se confirmou na noite de hoje.

PP

O líder do partido, Aguinaldo Ribeiro (PB), também na última terça-feira, afirmou que a legenda votaria favoravelmente ao impeachment. Dentre os parlamentares da sigla, 38 votaram a favor e quatro contra processo.

PDT

A favor do governo, a sigla anunciou na quarta (13) que votaria contra a continuidade do processo. Segundo o líder do PDT, Weverton Rocha (MA), o partido fechou questão para que a bancada toda votasse contra a abertura do processo de afastamento. Tal posicionamento não se confirmou. Foram 12 votos não, conforme a orientação, e outros seis positivos.

PMDB

A legenda tem a maior bancada da Câmara. Em reunião nesta quinta-feira (14), o PMDB decidiu que iria orientar voto a favor da continuidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. A decisão foi anunciada pelo líder do PMDB, Leonardo Picciani (RJ). Na prática, a legenda somou 59 votos a favor e sete contra o impeachment.

PR

A Executiva Nacional da sigla decidiu  pela orientação contrária ao processo de afastamento. No entanto, a legenda votou a favor do impeachment: com 26 votos favoráveis ao processo e 10 contrários.

PTN, PSL, PROS, PHS e PEN

Dirigentes dos cinco menores partidos da Câmara não fecharam questão sobre a votação do parecer favorável ao impeachment. Hoje,  na abertura do processo contra a presidenta Dilma Rousseff, o PTN registrou oitos votos favoráveis e quatro contrários. Nos demais partidos, a vitória também foi pelo prosseguimento do processo de impedimento. O PSL registro os dois votos que tinha de forma positiva. No PROS, foram quatro votos favoráveis e dois contrários. Já o PHS registrou seis votos a favor do impeachment e um contrário. No PEN, por sua vez, houve empate, um voto para cada lado.

Em toda a votação foram registradas, ainda, sete abstenções: três do PR, três do PP e uma do PDT, e dois parlamentares se ausentaram da votação: Aníbal Gomes (PMDB-CE) e Clarissa Garotinho (PR-RJ).

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br