Pronatec Bahia forma terceira turma em cursos técnicos para a cultura

Pronatec forma terceira turma em cursos técnicos para a cultura.

Pronatec forma terceira turma em cursos técnicos para a cultura.

O sonho de atuar profissionalmente nos bastidores de shows, espetáculos, no rádio ou televisão, ou ainda produzir eventos culturais, ficou mais próximo para mais 65 alunos concluintes dos cursos de Assistente de Camarim, Iluminador Cênico, Agente Cultural e Editor de Vídeo, oferecidos, em Salvador, pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e ao Emprego (Pronatec). Em evento multicultural, nesta terça-feira (05/04/2016), no Teatro Castro Alves (TCA), em Salvador, os participantes puderam colocar em prática o que aprenderam em mais de quatro meses de atividades. A capacitação resultou de parceria entre os governos estadual e federal.

Jovens e cheios de expectativa, Gilucci Augusto, 30 anos, e Roberta Nascimento, 29, são os mais novos editores de vídeo do mercado baiano. Para eles, a qualidade do curso superou as expectativas. “É o segundo curso do Pronatec que faço. O primeiro foi de Fotografia. Isso ampliou minha mente. Este ano, agreguei mais valor [ao fazer] o curso de edição de vídeo. Foi muito importante para minha carreira. Eu era cozinheiro. Quando entrei no Pronatec minha visão foi ampliada. Hoje faço MBA em Comunicação e Semiótica, e isso é influencia das aulas teóricas que recebi no Pronatec”, explicou Gilucci. Já Roberta, que é de São Paulo, mas vive em Salvador há oito anos, disse que está apta a atuar no ramo audiovisual. “Agora, eu tenho condições de produzir os meus curtas [metragens], os meus longas [metragens]. Quem sabe, até editar estes vídeos”.

Universo cênico

Uma das mais experientes da turma, a costureira e estilista afro Saraí Reis, 56 anos, não quer saber de se acomodar profissionalmente. Por esta razão, escolheu o curso de Assistente de Camarim para se aprimorar ainda mais. “Esse curso superou as expectativas minhas e de todo o grupo. Nos [proporcionou] noção maior sobre o que é o universo cênico, teatro, dança, sobre [a forma] de agir nos espaços que são destinados a quem trabalha no serviço técnico. Foi um presente pra mim”.

Os alunos de Iluminação Cênica, entre eles, Rodrigo Gil, 30, também colocaram em prática no palco do TCA. “Tivemos professores de alto profissionalismo. Aprendemos, neste curso, sobre tipos de refletores, como programar uma luz, como utilizar os filtros de luz, conhecidos como gelatinas, entre outras variações. Aprendemos a formatar variações de cenas para apresentações de balé, teatro ou até mesmo musicais. Fiz o curso com a intenção de sair daqui capacitado para atuar em qualquer teatro. Foi muito vantajoso o curso”.

Formação em Artes

Executado pela Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), por meio do Centro de Formação em Artes (CFA), os cursos do Pronatec têm como demandante a Secretaria da Educação do Estado. Durante o evento no TCA, a representante da Superintendência de Educação Profissional (Suprof) da Secretaria da Educação, Marli Souza, afirmou que “o Pronatec é feito para essas pessoas. É uma forma [importante] de empoderamento”.

A diretora da Funceb, Fernanda Tourinho, disse que a formação é uma das prioridades dos Planos Setoriais de Cultura com o intuito de fortalecer e estimular a cadeia produtiva na área técnico-cultural. “É um avanço ter a oferta de cursos que dizem respeito ao setor das artes oferecidos pelo programa. Mas precisamos ampliar o número de cursos para atender a demanda, principalmente, entre os jovens. Estamos indo a Brasília para discutir, em evento do Pronatec, [formas] para que possamos acelerar isso ou, quem sabe, ter um protagonismo maior com relação à demanda e à oferta de cursos”.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br