Policiais civis e peritos da Bahia passam por atualização de tiro prático

Policiais civis e peritos passam por atualização de tiro prático.

Policiais civis e peritos passam por atualização de tiro prático.

“Fazemos parte das forças de segurança do Estado e devemos sempre agir com sensatez. O uso da arma de fogo deve ser a última opção. O tiro tem de ser responsável”. Essas frases foram repetidas exaustivamente por instrutores da Academia da Polícia Civil da Bahia (Acadepol) para delegados, peritos, escrivães e investigadores, durante curso de atualização em tiro prático, manuseio e manutenção de arma de fogo.

Promovida pela academia, na manhã desta terça-feira (19/04/2016), a capacitação tem como público alvo os policiais das unidades de Salvador e Região Metropolitana e está sendo realizada no stand de tiro da Coordenação de Operações Especiais (COE) da PC, localizada no Aeroporto Internacional de Salvador – Deputado Luís Eduardo Magalhães.

O instrutor Álvaro Castro, investigador da PC e campeão baiano, brasileiro e sul-americano de tiro prático, ressaltou que o policial é treinado para o uso progressivo da força. “A polícia baiana está preparada para imobilizar o criminoso sem o uso da arma de fogo. Atirar contra uma pessoa tem de ser a última opção e apenas quando ela estiver armada e oferecendo risco”, explicou.

Expedito Sá Júnior, também instrutor e investigador da PC, ensaiou com o grupo situações que exigem pronta resposta. “A capacitação tem de ser constante. Além do tiro, é importante o policial saber desmontar a arma e dar a manutenção correta”, afirmou.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br