No tempo do PTB na Câmara, deputado ataca Dilma Rousseff ao defender impeachment

Sessão especial para discussão e votação do parecer do dep. Jovair Arantes (PTB-GO), aprovado em comissão especial, que recomenda a abertura do processo de impeachment da presidente da República. Na foto, Dep. Benito Gama – PTB/BA

Sessão especial para discussão e votação do parecer do dep. Jovair Arantes (PTB-GO), aprovado em comissão especial, que recomenda a abertura do processo de impeachment da presidente da República. Na foto, Dep. Benito Gama – PTB/BA.

O deputado Sérgio Moraes (PTB-RS), ao defender a admissibilidade do impeachment pela Câmara dos Deputados, atacou no sábado (16/04/2016) a presidenta Dilma Rousseff. Para o parlamentar gaúcho, colega de partido do relator do parecer pela admissibilidade da denúncia de crime de responsabilidade, o país precisa passar por uma “faxina ética” e tirar o PT do governo.

“O impeachment vai passar, vamos ter a grande maioria. Tem gente que diz que a Dilma não é culpada. Ora, quem é que colocou a equipe, o governo? Será que foi o Aécio Neves, a Marina Silva? Não. Quem montou esse governo corrupto, ladrão, foi justamente ela [Dilma], que é a chefe. Para mim, não cola essa conversa de que ela é honrada. Não é não. Porque quem é gente honrada não anda com esse tipo de gente, que assaltou nosso país”, disse Moraes no tempo destinado ao PTB.

De acordo com o deputado, caso o impeachment não seja aprovado, o país seguirá “não mãos de uma quadrilha”. Os representantes do PTB aproveitaram o tempo da legenda para homenagear o relator, deputado Jovair Arantes (PTB-GO), e defender o parecer.

“O relatório do deputado Jovair é claro, na Constituição é claro, e na Lei 1079 é claríssimo: qualquer irregularidade e o não cumprimento da Lei Orçamentária é crime de responsabilidade. Esse crime foi bem identificado [no parecer] e foi bem discutido na comissão [especial] e agora no plenário. [O parecer] será aprovado no domingo”, disse Benito Gama (BA).

Último orador pelo PTB, o deputado Alex Canziani (PR) fez elogios ao vice-presidente da República, Michel Temer, e defendeu a chegada de um líder capaz de conduzir o país.

“O país não aguenta mais a continuidade do governo Dilma. Ela perdeu completamente a capacidade de liderar o país e o país precisa de um líder que possa juntar as pessoas, melhorar os índices, a empregabilidade e renascer a esperança do povo”.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br