Micareta 2016 – Feira de Santana: vereador critica participação de minitrios no Esquenta

Vereador Welligton Andrade critica participação de minitrios no Esquenta.

Vereador Welligton Andrade critica participação de minitrios no Esquenta.

O Esquenta Micareta – evento pré-micaretesco de Feira de Santana promovido pela Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer, na rua São Domingos, no bairro Santa Mônica – foi tema de discurso do vereador Welligton Andrade (PSDB), na tribuna da Casa da Cidadania, nesta segunda-feira (25/04/2016).

De acordo com o edil, a referida festa  foi idealizada pelo ex-secretário de Cultura, Euclides Artur Andrade, tendo como característica o desfile de bandas de sopro resgatando, sobretudo as marchinhas.

Ele disse que na última quinta-feira (21) foi realizada a 4ª edição do Esquenta Micareta, “que vem se consolidando como uma grande festa pré-micaretesca, como se fosse esquentando os tamborins. O evento foi um sucesso, mas entendo eu, como folião, como munícipe, o Esquenta Micareta não deve perder a sua característica”, avalia.

Segundo Welligton, o secretário de Cultura, Rafael Cordeiro, cometeu alguns deslizes quando contratou para o evento o Rixô Elétrico, a Rural Elétrico e um minitrio. “O esquenta Micareta é para ser bandinhas de fanfarras, as filarmônicas”, disse o vereador, argumentando que a rua São Domingos é estreita, tem muitos imóveis residenciais e não comporta ruídos excessivos de equipamentos sonoros, como minitrios e afins.

Na oportunidade, Welligton informou que no evento aconteceu também a escolha das majestades da Micareta, tendo como vencedor da eleição de Rei Momo, pela quarta vez, Dilson Chagas (Dilsinho), que concorreu com o radialista Framário Mendes.

“As pessoas ali torcendo para Framário, mas não foi desta vez. Para o ano estarei à frente da sua campanha para Rei Momo, até porque vou estar sendo recíproco ao que você faz por mim para vereador agora”, disse o edil, se dirigindo ao radialista, que acompanhava a sessão ordinária na bancada de imprensa da Câmara.

Em aparte, o vereador José Carneiro (PSDB) disse que, pelo visto, Dilsinho vai se eternizar no cargo. “Vai ficar parecido com Délcio Mendes no Sindicato dos Comerciários e Eliomar no Sindicato dos Taxistas”, observa.

Conforme Carneiro, o radialista Framário Mendes teria lhe dito que não foi divulgado a quantidade de votos que ele obteve no concurso de Rei Momo.

“Se foi desta forma, está errado. Eu nunca ouvir falar que alguém participasse de uma eleição e o segundo colocado e o terceiro não soubessem quantos votos obtiveram. Se aconteceu, e eu confio plenamente em Framário Mendes, é um absurdo, um desrespeito a quem concorreu. Queria eleger seu Dilsinho, dê logo o trono. Agora, fazer uma eleição e não divulgar os votos que o segundo teve, está errado”, criticou.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br