Mata de São João – Praia do Forte: Morenas de Itapuã homenageiam Dorival Caymmi no festival Rede Sonora

Morenas de Itapuã homenageiam Dorival Caymmi.

Morenas de Itapuã homenageiam Dorival Caymmi.

A Vila de Praia do Forte recebe no sábado (30/04/2016), a partir das 17h30, mais uma série de shows gratuitos do Primeiro Festival Rede Sonora de Arte e Cultura do Município de Mata de São João. Desta vez sobem ao palco o grupo de chorinho Recordar é Viver e o Samba de Dona Moça. Em seguida Amadeu Alves e Fabricio Rios convidam as Morenas de Itapuã para sambar e celebrar o aniversário do mestre Dorival Caymmi ! A poetisa Boneca Maricelia é a apresentadora oficial do festival e prometeu entrar na roda !

O Primeiro Festival Rede Sonora de Arte e Cultura tem reunido, desde março, a convite dos músicos anfitriões Amadeu Alves e Fabrício Rios, artistas de Salvador e artistas de Praia do Forte para apresentações e bate-papos musicais e também realizado oficinas com artistas da terra. O projeto tem patrocínio do Hiperideal e do Governo do Estado, através do Fazcultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia”. O festival é realizado pelo Grupo Meireles e tem como parceiros a Casa da Nati, os Projetos Floresta Sustentável e Tamar, a Turisforte, o Albergue Praia do Forte e o Enseada do Castelo.

Os músicos Amadeu Alves e Fabrício Rios há cinco anos fazem o vitorioso projeto musical Rede Sonora, na Casa da Nati, em Praia do Forte. Para Amadeu, as ações do Festival Rede Sonora criaram a oportunidade de aproximar agentes culturais, artistas e grupos de Itapuã, Praia do Forte e região, desenvolvendo ainda mais a proposta do Rede Sonora que é, segundo ele, “além de uma marca que identifica o trabalho de Amadeu Alves e Fabrício Rios, uma permanente forma de estimular a cooperação, onde se ganha força individual, também a partir do reconhecimento do valor do outro e do entendimento da nossa função enquanto partes de um coletivo.”

Sobre o Rede Sonora

Rede Sonora é um projeto concebido pelos músicos e compositores Amadeu Alves e Fabrício Rios, cuja parceria, dividindo palcos e criações, tem mais de vinte anos. Em 2005, produziram, de forma independente, o primeiro CD “Amadeu Alves + Fabrício Rios” de música instrumental, com oito faixas autorais, gravaram os Cd´s Nove Estrelas e Acordes nas Estrelas, além de participações em várias coletâneas. Desde então, o projeto tem fortalecido a criação de uma rede de artistas com trabalhos autênticos, interpretação e produção autoral que mostram o quanto a música brasileira, de refinada qualidade técnica e sensível fluência lírica, continua viva no seu processo de criatividade e renovação. A Rede desdobrou-se nos projetos Rede na Praia, Rede na Varanda e Ciranda na Rede, com a realização de shows e intercâmbios de artistas baianos, nacionais e internacionais.

O atual projeto, seguindo trajetória de sucesso, comemorou, em novembro de 2015, cinco anos de parceria com a Casa da Nati, espaço cultural localizado em Praia do Forte–Bahia, onde os artistas conquistaram um público fiel. Mais que isso, promoveram um crescimento da qualidade da produção cultural de Praia do Forte. Amadeu Alves e Fabrício Rios vêm se apresentando desde 2010, sempre com convidados especiais, movimentando a noite desse balneário paradisíaco com música de alta qualidade, rigor técnico, lirismo e alegria vibrante compartilhada em todas as estações.

O projeto Rede Sonora, ao longo da sua existência, vem fortalecendo a cena musical baiana e oportunizando um palco de shows permanente para os nossos artistas, chegando ao estágio de busca de um caminho de evolução, tendo agora um projeto aprovado pela lei Rouanet para realização da primeira turnê nacional e gravação do CD “Canções da Rede Sonora”, prevendo as participações de artistas como Márcia Castro, Pedro Ivo, Jussara Silveira, Pepeu Gomes, Margareth Menezes, Jackson Costa e Bule Bule, Armandinho Macêdo, Carla Visi, Xangai, Alexey Martinez e As Morenas de Itapuã. que contribuirá diretamente com essa necessidade de crescimento.

Tendo recebido, nesses últimos cinco anos, mais de oitenta artistas convidados, a Rede Sonora vive um momento fértil de amadurecimento e grande inspiração, com a agenda de shows sempre ativa e crescente, a exemplo da sua participação, em janeiro/fevereiro de 2016, no Mercado Iaô, protagonizado pela Fábrica Cultural de Margareth Menezes, na abertura de shows da anfitriã com participações de Gilberto Gil, Daniela Mercury e Carlinhos Brown. Nos shows, as canções autorais de Amadeu Alves e Fabrício Rios são aplaudidas e prestigiadas, com expressiva venda de CDs dos artistas envolvidos.

O diferencial deste projeto é que, além de potencializar e consolidar o trabalho artístico e autoral dos artistas gestores da Rede Sonora, tem implícita a missão de fortificar e interligar a rede de artistas da cena musical da Bahia, especialmente, e da cena nacional.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br