Insegurança em Santo Estêvão é abordada em discurso na ALBA

Vista aérea da Igreja Matriz Santo Estêvão e Praça da Lua, Santo Estevão.

Vista aérea da Igreja Matriz Santo Estêvão e Praça da Lua, Santo Estevão.

No mês de março deste ano, em apenas uma semana, seis pessoas foram vítimas de homicídio em Santo Estêvão, cidade que fica na microrregião de Feira de Santana, na Bahia. Preocupado com a insegurança no município, o deputado estadual Carlos Geilson (PSDB) abordou o assunto em pronunciamento na Assembleia Legislativa da Bahia na tarde desta quarta-feira (06/04/2016).

Recentemente uma comissão formada por diversos setores da sociedade realizou uma caminhada da paz na cidade e elaborou um documento pedindo pelo menos 11 providências para o combate à violência em Santo Estevão. “A população pede clemência, Santo Estêvão está na UTI no quesito segurança pública. A polícia militar da cidade tem que cuidar de mais outros municípios, inclusive distantes do seu território, como por exemplo, os municípios de São Gonçalo dos Campos e Tanquinho que estão mais próximo de Feira. Isso é inaceitável!”, bradou Geilson.

Dentre algumas das reivindicações do documento estão o retorno da medida protetiva do Toque de Acolher; o monitoramento eletrônico em 36 pontos estratégicos na cidade; a intensificação da Ronda Escolar, realização de um Fórum para debates dos temas relacionados à violência e o seu combate; a presença de um delegado de polícia fixo para os plantões de finais de semana e feriados e aumento do efetivo policial da 57° CIPM de Santo Estevão.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br