Governador Rui Costa inaugura novo serviço de diagnóstico por imagem do Centro Estadual de Oncologia

Rui Costa dos Santos.

Rui Costa dos Santos.

Principal unidade para tratamento de câncer na rede pública de saúde da Bahia, com cerca de 300 atendimentos por dia, o Centro Estadual de Oncologia (Cican), em Salvador, recebeu um novo Centro de Diagnóstico por Imagem. Inaugurado pelo governador Rui Costa nesta segunda-feira (04/04/2016), o setor conta com equipamentos de imagem de alta tecnologia, como um tomógrafo de 16 canais, Raio-X e mamógrafos com estereotaxia, procedimento realizado para analisar possíveis lesões encontradas em exames. O serviço tem capacidade para realizar, mensalmente, 92 tomografias, 800 mamografias e 516 radiografias, além de duas estereotaxias, diariamente. O investimento total foi de aproximadamente R$ 5 milhões.

Na ocasião, o governador explicou como funcionará o serviço de diagnóstico por imagem na unidade. “Ao invés de fazer [o atendimento] diretamente pelo Estado, foi licitada uma parceria público-privada (PPP). É a primeira experiência do Brasil, assim como foi o Hospital do Subúrbio. Esperamos um melhor serviço e maior produtividade. A empresa aqui será remunerada pela qualidade e quantidade de exames feitos. Se um equipamento der defeito, por exemplo, a empresa não receberá pelos dias em que não realizou exames. Com isso, aumentaremos e muito a quantidade de exames disponível para a população. A nossa expectativa é que os outros hospitais, como o Roberto Santos, o HGE e os novos hospitais que estamos construindo, em todos eles seja implantado este projeto de PPP”.

Rui ainda disse que o modelo de gestão deve ser estendido para unidades de saúde do interior. “Estamos buscando ampliar [os serviços oncológicos] no interior do estado. Estamos finalizando a unidade de oncologia construída em Juazeiro e pretendemos implantar no hospital de Caetité uma unidade regional de oncologia também num processo de concessão de PPP. Um tratamento de câncer é sempre muito doloroso para o paciente e para a família. Portanto, quanto mais conforto, dignidade, qualidade o setor público conseguir dar no atendimento, melhor. Parte dessa qualidade está associada a você oferecer o serviço mais próximo de onde a pessoa mora. Para que o paciente, após o tratamento, possa voltar para o conforto da sua casa, recebendo os cuidados e o carinho da sua família”.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br