Feira de Santana: vereador destaca início de duplicação em trecho da avenida Francisco Pinto

Roque Pereira do Carmo.

Roque Pereira do Carmo.

O vereador Roque Pereira (DEM), em discurso nesta quarta-feira (30/03/2016), na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, destacou a importância de uma obra iniciada, ontem, pelo prefeito José Ronaldo, que fará a duplicação de um trecho da avenida Francisco Pinto, antiga avenida Rio de Janeiro, em parceria com o empreendimento Alphaville.

“Na manhã de ontem tive a satisfação de participar, juntamente com o prefeito, ali nas imediações da Pedra do Descanso, em frente à Bahia Variedades, do nosso amigo Fernando Bispo, de uma ordem de serviço onde uma parceria da Prefeitura com a empresa Alphaville vai realizar uma obra que duplica o trecho que vai do posto Guimarães ao viaduto da Pousada da Feira”, afirmou.

O edil acredita que, com as melhorias que serão feitas, o local ficará mais bonito e poderá se tornar um cartão postal, já que se trata de uma das entradas do município. “A Obra, que será realizada no prazo máximo de 90 dias, será um cartão postal da nossa cidade, pois todas as pessoas que vêm do Sul da Bahia passam por aquele local, é inegável que é uma região ainda feia, mas, a partir da obra pronta, ela ficará muito bonita, com iluminação, duas pistas, com pista de ciclismo. Então, o prefeito José Ronaldo acerta mais uma vez na mosca, com aquele empreendimento ali e com essa parceria junto o Alphaville”, destacou.

Segundo Roque, a referida empresa não era bem vista quando chegou à cidade. “Caro vereador David Neto, na última gestão nossa, na 16ª Legislatura, chegaram a fazer pedido para que essa empresa não viesse a Feira de Santana. Mas, posso dizer que a área urbana, ali próximo a Ipuaçu, era uma área feia e, hoje, o Alphaville fez uma área muito bonita, cumpriu seu contrato com as pessoas que moravam ali antes do retorno da Polícia Rodoviária, que automaticamente vai beneficiar também nós feirenses, que vamos ao rio Jacuípe, porque muitos utilizam ali a Estrada do Feijão para fazer o retorno e, hoje, graças a Deus, já conseguiu fazer ali”, comemorou.

O edil citou ainda outra obra importante para aquela região. “Juntamente com o DNIT já está em fase de construção a alça de retorno, que eu e o vereador Isaías cobramos em Brasília à diretora da ANTT. Ela sinalizou que mandaria fazer um estudo, e ali, graças a Deus, já foi autorizado, a obra já está sendo realizada. Em breve, sem dúvida, será a vez do Viveiros, segundo informações do próprio diretor da Via Bahia, que até abril do próximo ano, aquela obra já começa na região do Viveiros/Feira X”, declarou.

Em aparte, o vereador David Neto (DEM) parabenizou o chefe do Executivo Municipal, destacando os benefícios que a obra trará para a comunidade daquela região. “Essa obra vai beneficiar Pedra do Descanso, beneficiar também a Vista Alegre, conhecida carinhosamente como Portelinha. Com certeza, vereador, o povo daquela região agradece e vai agradecer muito mais, onde já temos um PSF, que faz o atendimento daquela área. Então, está de parabéns o nosso prefeito José Ronaldo, está de parabéns a Pedra do Descanso com esse benefício, e parabéns também a Vossa Excelência, que passa todos os dias ali para se dirigir ao distrito de Ipuaçu, disse.

Questões políticas

Mudando o foco, o vereador Roque Pereira se pronunciou a respeito do chamado “chapão”. “Não comentei nada sobre o famoso chapão que se comenta na cidade. Eu quero aqui dizer que não tenho nenhuma procuração para defender o presidente Reinaldo Miranda, mas ele também junto conosco foi o idealizador do chapão. Eu tenho certeza de que o vereador fez a sua parte, e tenho certeza de que se depender do presidente Reinaldo Miranda, não terá nenhuma dificuldade de se conversar e esse chapão ser concretizado”, afirmou.

Roque continuou falando sobre a eleição deste ano.  “O que a gente está discutindo agora é a filiação partidária. Temos até agosto para discutir, mas ficou aqui na Casa aquela celeuma, aquele mata-mata, se vai coligar, se não vai coligar, mas temos muita conversa pela frente. Com certeza, coligação se faz com amadurecimento, com conversa, com diálogo. Ninguém impõe nenhuma candidatura ou uma coligação, se a coligação não vier com diálogo, com respeito mútuo”, acredita.

O vereador disse ainda que a questão do mais votado e do menos votado não significa que o vereador conseguirá repetir a mesma votação. “Ninguém aqui, eu quero afirmar, nem mesmo o presidente Reinaldo Miranda e Pablo Roberto, os dois vereadores mais votados da cidade, ninguém aqui passou pela aprovação popular em 2016, para dizer quem será o mais votado”, disse.

Roque afirmou que já houve vários casos de políticos se elegerem com votação expressiva e não conseguirem a reeleição. Na oportunidade, o edil desejou boa sorte ao colega Marcos Lima (PRP), que teve a menor votação, entre os 21 vereadores da 17ª legislatura.

“Já aconteceu na história de Feira de Santana, por diversas vezes: o candidato mais votado terminou ficando fora da reeleição ou teve uma votação minúscula. E, agora, eu quero dizer aqui publicamente que tenho fé em Deus que Ele vai abençoar o nosso amigo Marcos Lima. Tem um histórico em Feira de Santana que o último colocado não renova mandato. Mas, pelo seu trabalho, tenho certeza este ano que vai quebrar o tabu de que o último colocado não renova eleição. Em 2012, eu era o chamado cavalo azarão, mas o povo me deu a oportunidade e eu cheguei”, pontuou.

Em aparte, o vereador Marcos Lima (PRP) comentou o assunto. “Quero agradecer pelas palavras com relação a mim. Realmente, tem esse histórico em Feira de Santana, na Câmara Municipal, mas vou quebrar isso, porque Deus é grande e o povo está aprovando o nosso mandato. Dizer que essas discussões de coligação são muito precoces, não devemos estar pensando na coligação, e sim saber filiar a um partido que pode dar condições, porque temos até o mês 07, o mês 08. Então, não devemos ficar nos desgastando neste momento, brigando por coligação A ou B. Eu vou fazer o que é melhor para mim, o que for melhor para que eu possa voltar. Vou lutar independentemente de que coligação eu vou estar, vou lutar para voltar, porque ninguém é candidato de si mesmo, mas do povo”, opinou.

Também em aparte, o vereador David Neto (DEM) participou do debate. “Quero parabenizar Vossa Excelência pela sua fala e dizer o seguinte: o nosso presidente nunca falou de sair do chapão, mas criaram o PHS, e quero parabenizar mais uma vez o nosso querido presidente. E, diante do fortalecimento do PHS, não vai ter necessidade de coligação com o DEM lá na frente, porque o PHS está com recheado. Mas, se precisar fazer isso, que venha, pois estamos de braços abertos. Graças a Deus, estamos abençoados também, porque o DEM está completo e vamos fortalecer mais as colunas da reeleição do nosso prefeito José Ronaldo”, afirmou.

Retomando a palavra, o vereador Roque Pereira disse que o DEM, PSDB e PHS já deram a palavra acerca do “chapão”. “Mas, que venha outros partidos. Temos que ter 22 candidatos do sexo masculino e 10 do sexo feminino, para que a chapa fique completa, não importa a quantidade de partidos, e sim a quantidade de pessoas. Que a gente possa fazer o maior número de vereadores possível nesta chapa, para que possa representar o povo”, anseia.

Em aparte, o vereador Robeci da Vassoura se pronunciou a respeito do que foi dito sobre o PHS, do qual é filiado. “Dizer que Vossa Excelência está correto, nós nunca falamos em separação de chapa. A primeira proposta seria coligar com o chapão, algumas pessoas divididas disseram que não aceitariam, mas acho que é o prefeito José Ronaldo quem vai organizar na hora certa, no momento certo. Tem gente pensando que vai se aproveitar de uma forma ou de outra, mas não é assim. No momento certo, tenho certeza de que o prefeito vai organizar tudo direitinho”, declarou.

Retomando a palavra, o vereador Roque Pereira citou a fala de Pablo Roberto (PHS), durante a sessão ordinária de ontem, a respeito da responsabilidade que os presidentes dos partidos têm com a formação das chapas e coligações.

“Ontem, o vereador Pablo Roberto foi muito feliz quando ele disse que se conversou com os vereadores, mas não se conversou com os presidentes dos partidos. O presidente Reinaldo Miranda, que também é o presidente do PHS; o presidente do PSDB, que é o deputado Carlos Geilson; do PRB, que é o vereador Eli Ribeiro; do PSL, que é o vereador Correia Zezito; são essas pessoas que vão direcionar as coligações e ter essas conversas. Já o vereador Isaías, não sei se continua no PSC, mas Vossa Excelência tem uma boa oportunidade para dizer se fica ou não na coligação”, disse o democrata.

Em aparte, o vereador Isaías de Diogo (PSC) respondeu ao colega Roque Pereira. “Eu tenho convicção de que o vereador Isaías de Diogo está no PSC e sou candidato a vereador no PSC, e peço que conste em ata. Quero dizer para Vossa Excelência em relação ao chapão, à chapinha, enfim, o potencial de vocês não é o mesmo do vereador Isaías de Diogo e de muitos aqui. E eu apoio e defendo o chapão, que Vossas Excelências façam parte, mas sem a minha presença. Não sei o porquê desse desespero de Vossas Excelências em forçar alguns vereadores a participar de um chapão onde vamos ser escadas para muitos de vocês”.

 Retomando a palavra, o vereador Roque concluiu o pronunciamento dizendo que não consegue entender a posição de Isaías. “Eu só não entendi quando o senhor diz que apoiará o chapão, mas não estará presente. Vossa Excelência, então, não será candidato, será que o PSC vai sair sozinho? Vai ter que coligar com alguém”, pontuou.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br