Feira de Santana: líder do governo cobra elucidação do assassinato do professor Genário Borges

Genário Borges de Freitas Filho faleceu em 21 abril de 2015. Professor de culinária do Senac, Genário Borges foi vítima de possível latrocínio. O homicídio ocorreu na estrada de acesso à sede do Distrito de Bonfim de Feira de Santana.

Genário Borges de Freitas Filho faleceu em 21 abril de 2015. Professor de culinária do Senac, Genário Borges foi vítima de possível latrocínio. O homicídio ocorreu na estrada de acesso à sede do Distrito de Bonfim de Feira de Santana.

Em pronunciamento na tribuna da Casa da Cidadania, na manhã desta quarta-feira (20/04/2016), o vereador José Carneiro (PSDB) criticou a morosidade da Justiça na elucidação do assassinado do professor de culinária do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC), Genário Borges de Freitas Filho,  ocorrido há um ano, no distrito de Bonfim de Feira.

“Um jovem de futuro promissor, professor de culinária Genário Borges de Freitas Filho foi assassinado de forma covarde na estrada do distrito de Bonfim de Feira. Um ano se passou, um ano sem elucidação do crime, um ano sem punição, um ano que os assassinos ou o assassino continua em liberdade para cometer outros crimes, enquanto isso o professor Genário nos deixou, perdeu a sua vida e a Justiça, infelizmente, ainda não puniu o responsável por esse bárbaro crime”, lamentou.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br