Estudantes da rede estadual mobilizam comunidade de Feira de Santana no combate ao Aedes aegypti

Estudantes da rede estadual de Feira de Santana participam do Dia D da Educação contra o Aedes aegypti.

Estudantes da rede estadual de Feira de Santana participam do Dia D da Educação contra o Aedes aegypti.

Por meio de apresentações teatrais e de dança, concurso de paródias, passeatas, visitações e panfletagens, centenas de estudantes e professores de 76 escolas estaduais, do município de Feira de Santana, levaram informações de prevenção e combate do mosquito Aedes aegypti, nesta quarta-feira (20/04/2016). O mutirão, promovido pelo Núcleo Regional de Educação de Feira de Santana (NRE 19), ocupou as ruas da cidade, a Praça da Cidade Nova, Praça do Tomba e o estacionamento da sede da Prefeitura de Feira de Santana.

A ação contou com a parceria do Exército, Secretaria Municipal de Saúde de Feira de Santana e Polícia Militar, e também integra 18 municípios que fazem parte do NRE 19. “As ações nesses municípios aconteceram nas próprias escolas. O mais importante é que as pessoas não esqueçam de cuidar do seu espaço para evitar a proliferação do mosquito”, disse Ivamberg Lima, gestor do NRE-19.

A estudante Eliene Pereira, 33 anos, estudante do 3º ano do curso técnico de nível médio de Enfermagem, do Cetep do Portal do Sertão, ensinou a fazer um repelente caseiro, num estande montado na Praça do Tomba. “O repelente que estamos ensinando é feito com plantas. As pessoas estão gostando, pois estamos vivenciando muitos casos das doenças na nossa cidade”, disse.

Diversas formas de comunicação foram utilizadas pelos estudantes para informar a comunidade. “Apresentamos um Flash mob, com 38 alunos, utilizando uma paródia que nós mesmos criamos, para sensibilizar os cidadãos sobre os riscos do mosquito”, diz a estudante do 2º ano, Indiana Souza, 15 anos, do Instituto de Educação Gastão Guimarães.

A estudante do 3º ano do curso técnico de Análises Clínicas, Centro Estadual de Educação Profissional em Saúde do Centro Baiano, Neusa Santo, 40, diz ter ficado surpresa com a participação do público. “Fiquei surpresa com o interesse das pessoas, porque sempre há informações sobre o combate do mosquito. Elas estão procurando informações e querem aprender cada vez mais”.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br