Entrega de material esportivo anima atletas de bases comunitárias de segurança baianas

Governo da Bahia entrega material esportivo através do programa ‘Pacto Pela Vida’.

Governo da Bahia entrega material esportivo através do programa ‘Pacto Pela Vida’.

Projetos sociais desenvolvidos por bases comunitárias de segurança (BCS), que utilizam o esporte como mecanismo de evitar o contato de crianças e jovens baianos com a criminalidade e as drogas, receberam um importante aliado. Diversos itens para a prática de lutas, como artes marciais e pugilismo, foram entregues nesta segunda-feira (18/04/2016) pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte do Estado (Setre), por meio da Superintendência de Desportos (Sudesb), durante evento realizado na Tribuna de Honra do Estádio Roberto Santos (Pituaçu), em Salvador.

O projeto Karatê do Saber – Guerreiros de Fazenda Coutos foi uma das iniciativas contempladas com materiais como boneco sparing, luvas, tatame, quimonos, sacos de pancada, protetores faciais, bandagem de boxe, colchonetes, cordas, protetores bucais, halteres e sapatilhas. Um dos instrutores, o soldado PM Alisson Guimarães, explicou que as aulas de karatê são oferecidas gratuitamente a 90 crianças e adolescentes, no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do bairro, três vezes na semana, nos turnos matutino e vespertino. “Os equipamentos vão potencializar ainda mais as nossas atividades. Por ser um esporte de contato físico, vai evitar lesões”.

Beneficiados pelo projeto, Ilan Eric, 14 anos, faixa laranja em Karatê e morador de Fazenda Coutos, acredita que a chegada do material vai auxiliar os atletas a se prepararem ainda melhor para as próximas competições. “Ano passado, participei de um campeonato em Fortaleza e trouxe minhas medalhas. Estes equipamentos chegam em um ótimo momento. Daqui a três meses, teremos três campeonatos para ir – o brasileiro, baiano e a competição Ivo Rangel. Ainda tem o nosso exame de faixas daqui a dois meses”.

Além do Karatê, a BCS Fazenda Coutos também desenvolve projetos como o Luta Cidadã (boxe), Vida Leve (terceira idade), Primeiro Som (iniciação musical), entre outros. Para a comandante da base, tenente PM Carla Sousa, o recebimento do material esportivo representa “a materialização e a efetivação do esforço que é Pacto Pela Vida”.

Com recursos da ordem de R$ 194 mil, oriundos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação à Pobreza (Funcep), a aquisição do material também contempla as BCS na capital (Águas Claras, Bairro da Paz, Calabar, Camaçari, Rio Sena, Chapada do Rio Vermelho, Itinga, Nordeste de Amaralina, Uruguai, São Caetano e Santa Cruz); na Região Metropolitana de Salvador (Camaçari e Lauro de Freitas, no bairro de Itinga) e, no interior (Porto Seguro, Vitória da Conquista e Itabuna).

Redução da violência

Durante o evento, o comandante geral da Polícia Militar da Bahia (PMBA), coronel Anselmo Brandão, destacou o trabalho voluntário dos policiais e as ações transversais que, na opinião dele, auxiliam a reduzir a violência. “Temos observado, nesses cinco anos do Pacto [pela Vida], que nas bases comunitárias onde esses trabalhos estão sendo realizados de maneira efetiva, os índices de criminalidade têm caído bastante”.

Antes da criação do Pacto Pela Vida e da implantação das bases comunitárias de segurança, a Sudesb já oferecia a crianças e jovens em vulnerabilidade social atividades esportivas e recreativas. No entanto, o diretor do órgão, Elias Dourado, reconhece que as BCS têm sido importantes aliadas na promoção da inclusão social. “A Sudesb se associa à Polícia Militar nessa ação junto às comunidades que têm bases comunitárias e projetos sociais que já desenvolvemos desde 2007. Hoje, é o coroamento dessa parceria”.

O secretário Álvaro Gomes afirmou que uma das prioridades do Governo do Estado é melhorar a qualidade de vida dos baianos, em especial, dos que mais precisam. “Entendemos que o esporte é uma importante ferramenta de inclusão social e nada melhor do que estimular o esporte nas áreas do Pacto pela Vida. É fundamental que o esporte esteja presente em todo o estado, mas priorizando as áreas em que a juventude precisa do esporte, onde o esporte precisa estar presente para retirar ou evitar nossas crianças do mundo das drogas”.

Uma roda de conversa entre representantes das BCS, Sudesb e de instituições comunitárias também fez parte da programação do evento. O diretor de Fomento ao Esporte, Márcio José, disse que objetivo do encontro foi o de estreitar a relação entre os agentes responsáveis por executar projetos esportivos de cunho social. “Foi uma oportunidade incrível para que pudéssemos juntar as bases comunitárias, a segurança pública, com as instituições conveniadas com o Governo do Estado, através da Sudesb”.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br