Eleições 2016 – Feira de Santana: vereador Eli Ribeiro anuncia filiações de lideranças ao PRB

Eliziario Ribeiro da Silva (Eli Ribeiro).

Eliziario Ribeiro da Silva (Eli Ribeiro).

Em pronunciamento na sessão ordinária desta segunda-feira (04/04/2016), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o edil Eli Ribeiro (PRB) usou os microfones para informar a filiação de mais um membro na sigla, bem como os projetos de crescimento que o Partido Republicano Brasileiro tem no Brasil. Porém, antes de concluir sua fala, Eli foi aparteado por Tonhe Branco (PHS), que disse ter se sentido traído com a adesão da pré-candidata Avelina ao partido.

“Eu fui traído. Quinta-feira colocaram minha primeira suplente, Avelina, no partido em que estou filiado. Ela é mãe do superintendente Francisco Júnior, que tem a máquina na mão, então ela vai tentar me eliminar”, informou Tonhe.

Em aparte, o vereador David Neto (DEM) garantiu ao colega que na convenção estarão todos juntos. “Tonhe falou de traição, mas a Semana Santa já passou”, disse. No mesmo momento, o líder do Governo na Casa, vereador José Carneiro Rocha (PSDB), fez uma retrospectiva da vida política de Tonhe Branco e o aconselhou que não se intimidasse com o pleito eleitoral.

“Na primeira eleição, em 2012, Vossa Excelência não foi traído. Lembro que estava no PSC e em umas das reuniões disse que não me aceitava no partido e, por isso, não fiquei. Na eleição seguinte, conseguiu se eleger com quase 4 mil votos, quase a minha votação e mais que a de Avelina. Ela é sua suplente com mais de 1 mil a menos. Vossa Excelência tem o mandato na mão”, pontuou.

Em resposta, Tonhe afirmou que o líder governista tem a mandato nas mãos e amigos empresários, o que pode ajudar na eleição deste ano. “Eu só tenho a Deus e meus amigos. Se me falassem que ela iria para o PHS, eu tinha ficado no PSC. Robeci sabia de tudo e não me falou nada. Vossa Excelência engana o povo Robeci, mas não engana a Deus”, disparou.

Novamente em aparte, Carneiro revelou que não tem dinheiro, como o colega Tonhe Branco deu a entender. “Vim de movimento estudantil e morei em barraco aqui na cidade. Nunca fui rico, mas trabalho e tenho amigos sim. Porém, nunca traí ninguém”, garantiu.

Em sua defesa, o edil Robeci da Vassoura (PHS) disse que o colega Tonhe Branco não foi feliz quando afirmou que ele sabia da filiação de Avelina ao PHS. “Se eu soubesse não faria diferença, porque a eleição não está fácil para ninguém. Estou feliz por ela ter vindo para o PHS. Dizer que  não sou seu amigo por isso, digo que tomei conhecimento junto com Vossa Excelência”, afirmou.

Filiação

Novamente com o uso da palavra, o vereador Eli Ribeiro tratou sobre a filiação ao PRB do ex-prefeito de Amélia Rodrigues, Paulo Falcão, bem como a do vereador daquela cidade, Daniel.

“Quero parabenizá-los pela filiação ao PRB, que é um partido 10, usa as cores do bandeira brasileira e que mais cresce no país. Nossa meta é dobrar o número de vereadores e prefeitos, para que se torne um partido ainda maior. O projeto do partido é tomar conta do Brasil, que está desgastado. Podem esperar que em outubro de 2016 teremos uma resposta positiva das urnas”, previu.

Para finalizar, Eli leu e comentou uma nota publicada na coluna Ponto e Vírgula, do Jornal Folha do Estado, intitulada “Bombons para o PRB”.  “O partido está lado a lado da população, tem visão e projeto. Aguardem”, findou.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br