Educar para Transformar forma 25 mil alfabetizadores para atuar nos municípios baianos

Educação Infantil no Colegio Vale dos Lagos.

Educação Infantil no Colegio Vale dos Lagos.

A Secretaria da Educação do Estado forma, neste ano, 25 mil educadores que irão atuar na alfabetização de estudantes nos municípios baianos. Esta é mais uma iniciativa do programa Educar para Transformar, que tem como meta prioritária a alfabetização de todas as crianças até oito anos de idade. Em 2015, 15 mil alfabetizadores foram beneficiados com a formação. O encontro que teve início nesta terça-feira (05/04/2016), no Instituto Anísio Teixeira (IAT), em Salvador, segue até a próxima sexta-feira (08).

Nesta primeira etapa, realizada em parceria com a Universidade Estadual de Santa Cruz, serão beneficiados 77 educadores, que vão atuar na formação de alfabetizadores em 20 municípios pólos baianos – Feira de Santana, Valença, Santo Antônio de Jesus, Jequié, Senhor do Bonfim, Caetité, Vitória da Conquista, Ribeira do Pombal, Berreiras, Eunápolis, Itapetinga, Serrinha, Seabra, Irecê, Itabuna, Alagoinhas, Ipirá, Santa Maria da Vitória e Região Metropolitana de Salvador.

A supervisora do Programa Nacional de Alfabetização na Idade Certa (Pnaic), Délia Ladeia, que atua no pólo de Teixeira de Freitas e Eunápolis, ressalta que “o objetivo maior dos processos formativos é aprofundar as discussões acerca dos fundamentos teóricos e metodológicos da organização dessa escolaridade proposta. Além disso, favorece também a sistematização dos princípios e diretrizes do ciclo de alfabetização no âmbito dos Núcleos Municipais de Alfabetização e Letramento (Nalfa), que deverão ser construídos em cada município”, conclui.

A formadora Sílvia Letícia Castro, que atua na região de Juazeiro acredita que “a formação continuada é uma forma de fazer com que a gente aprenda metodologias novas que serão multiplicadas para os orientadores de estudos e coordenadores locais e que, por sua vez, chegarão aos professores alfabetizadores nos municípios, para que as crianças sejam alfabetizadas na idade certa”, afirma a educadora.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br