Deputado Fábio Souto defende revogação do decreto que transforma Ceplac em departamento

O deputado estadual Fábio Souto (DEM) demostrou, em discurso realizado na tribuna da Assembleia Legislativa da Bahia, na tarde de segunda-feira (04/04/2016), seu descontentamento com o rebaixamento da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac) para departamento. O anúncio foi publicado no Diário Oficial da União, no dia 1º de abril, através do Decreto 8.701/16, estabelecendo que o órgão passe a ser denominado Departamento da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira, do Ministério da Agricultura.

De acordo com o parlamentar, essa ação do Governo Federal diminui a expressão de um órgão considerado importante e representativo para a região. “A Ceplac muito fez pela Bahia, principalmente para a arrecadação do Estado, nas décadas de 60 e 70, onde superava 50%. Mesmo após a terrível doença da vassoura de bruxa, técnicos, especialistas e doutores do órgão trabalharam e descobriram maneiras de reverter o quadro. E agora que tudo caminha de forma produtiva, crescente, trazendo esperança para os agricultores, o Governo Federal adota essa atitude em transformar este importantíssimo órgão em um simples departamento do Ministério da Agricultura”, declarou.

Souto enfatizou que os deputados da base do governo foram alertados sobre a situação para evitar que esse episódio acontecesse. “Há 20 dias conclamei aos deputados para impedir que chegasse a esse ponto. Mas, infelizmente, nada foi feito pelo Governo do Estado, que se omitiu, não lutou para evitar essa situação lastimável com a Ceplac. No entanto, ainda há tempo de exigirmos da ministra Kátia Abreu a derrubada desse decreto que tanto mal fará para a região”.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br