Deputado Eduardo Cunha informa ao STF que mudou regra da votação do impeachment

Deputado Eduardo Cunha modifica rito do processo de impeachment.

Deputado Eduardo Cunha modifica rito do processo de impeachment.

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, enviou ofício agora há pouco ao Supremo Tribunal Federal para informar que a ordem de chamada de votação para o processo do impeachment da presidenta Dilma Rousseff, previsto para o próximo domingo (17/04/2016), será alternada, começando por um estado do Norte do país.

No início da tarde, após o anúncio da realização de “sessão relâmpago” no Supremo, para julgar a validade do procedimento de votação, Eduardo Cunha voltou atrás e mudou a ordem de chamada para a votação. Cunha recuou da ideia inicial de começar do Sul e chegar ao Norte. Ele anunciou hoje (14) que a votação será alternada, iniciando no Norte.

Daqui há pouco, o Supremo vai julgar cinco ações que contestam a votação do pedido de abertura de processo de impeachment. As ações que serão julgadas em conjunto foram protocoladas pelos deputados federais Weverton Rocha (PDT-MA), Rubens Pereira Júnior (PCdoB-MA), Paulo Teixeira (PT-SP), Wadih Damus (PT-RJ), além de ações da Advocacia-Geral da União e do PCdoB.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br