Deputado Augusto Castro protesta contra rebaixamento da Ceplac

Ministério da Agricultura abre concurso público com 750 vagas.

Ministério da Agricultura abre concurso público com 750 vagas.

Conforme rumores que circulavam desde fevereiro, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento oficializou o rebaixamento do status da Ceplac (Comissão do Plano da Lavoura Cacaueira). A medida, publicada na edição desta sexta-feira (1º/03/2016) do Diário Oficial da União, é vista como grave retrocesso pelo deputado estadual Augusto Castro (PSDB).

No mês passado, o parlamentar foi um dos membros da Assembleia Legislativa que subscreveram um abaixo-assinado encaminhado à ministra da Agricultura, Kátia Abreu. O documento alertava a ministra para o impacto negativo do enfraquecimento da Ceplac, além de antecipar o temor de que o rebaixamento seria uma etapa da futura e definitiva extinção do órgão.

Para Augusto Castro, “os reflexos negativos se manifestam do ponto de vista econômico, científico, ambiental e social”. Segundo ele, a expectativa é de menos recursos para investimentos e pesquisas, além de desestímulo e possível perda de servidores altamente qualificados.

O deputado diz ainda que a cacauicultura sul-baiana vive um momento de recuperação, com a melhora significativa dos índices de produtividade, e – segundo ele – “em grande parte esses resultados devem ser atribuídos ao esforço dos técnicos e pesquisadores da Ceplac”. Para Augusto Castro, é incoerente que justo neste momento o governo federal, em vez de fortalecer, decida rebaixar o órgão que dá suporte à lavoura cacaueira.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br