Deputada Moema Gramacho lamenta postura de parlamentares em votação do impeachment

A deputada federal Moema Gramacho (PT/BA) lamentou a postura dos parlamentares, durante votação pela admissibilidade do impeachment da presidenta Dilma Rousseff.

A deputada federal Moema Gramacho (PT/BA) lamentou a postura dos parlamentares, durante votação pela admissibilidade do impeachment da presidenta Dilma Rousseff.

A deputada federal Moema Gramacho (PT/BA) lamentou a postura dos parlamentares, durante votação pela admissibilidade do impeachment da presidenta Dilma Rousseff, realizada neste domingo (18/04/2016). Uma das últimas do estado da Bahia a votar, a parlamentar teve o seu discurso interrompido pelos demais deputados favoráveis ao que ela chama de ‘golpe’, e argumenta que Eduardo Cunha, ‘não tem estatura moral para continuar presidindo a Câmara, por ser ‘um réu com contas de milhões de dólares desviados para bancos na Suíça’.

Moema afirma ainda que “em um estado democrático, é inadmissível uma postura dessas de parlamentares, que deveriam defender a Democracia e nesse momento ultrajam o país e promovem o golpe. Acham que, dessa forma, vão calar a voz dos mais de 54 milhões de pessoas que votaram na primeira presidenta mulher do país. Mas não conseguirão”, afirma ela confiante, no arquivamento do processo pelo Senado.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br