Vereador denuncia irregularidades ocorridas na SMT de Feira de Santana

Alberto Matos Nery.

Alberto Matos Nery.

O vereador Alberto Nery (PT), em discurso na Câmara Municipal de Feira de Santana, nesta segunda-feira (28/03/2016), fez uma grave denúncia relacionada à Superintendência Municipal de Trânsito (SMT), no que diz respeito a taxas extraoficiais cobradas para liberação de veículos apreendidos.

“Quero senhores da imprensa e senhores vereadores trazer a esta tribuna algo relacionado ao nosso Município, principalmente à Superintendência Municipal Trânsito (SMT). David Neto é um vereador que traz as denúncias a respeito desta Secretaria e não tem medo de dizer a verdade. Queremos dizer algo que tomamos conhecimento durante este final de semana, e alguns vereadores chegam aqui para falar de alguns valores cobrados pelo Detran, mas tenho a hombridade de ir à SMT e trazer temas relacionados ao Município”, disse.

O petista afirmou ter recebido uma denúncia a respeito de um pagamento de uma taxa extraoficial cobrada por um funcionário da SMT. “Ele apreendeu o carro de um cidadão, que é amigo meu. O rapaz parou ali no Centro de Abastecimento, próximo aquela passarela, e o carro foi guinchado, no dia 22, e levado para o pátio da Secretaria. Chegando lá, no dia seguinte, o rapaz tentou liberar o carro, mas o mandaram pagar R$ 120,00 para uma pessoa e não recebeu nem sequer um recibo do valor pago. Ele perguntou pelo recebido e ouviu: ‘ah! Não tem recibo não’”, afirmou Nery.

O edil acrescentou que o proprietário do veículo apreendido teve que pagar, além do R$ 120,00, mais R$ 469,00, sendo que deste total, cerca de R$ 274,00 correspondeu ao guincho.

“Nós gostaríamos de chamar atenção do líder do Governo e dos vereadores que andam alardeando e falando do Detran, falando do Governo estadual, que cuidassem do problema do Município e procurasse tomar providências, com esse fato que está acontecendo”, cobrou.

Alberto Nery criticou ainda  o atendimento prestado pelo superintendente da SMT, capitão Francisco Junior. “O diretor da SMT trata as pessoas que lá vão como se fossem cachorros. As pessoas tentando falar com ele, e ele andando no pátio nem dando ouvido ao pessoal”, afirmou.

Em aparte, o vereador David Neto (DEM) também fez críticas a SMT. “Gostaria de falar com o senhor o seguinte: lá na SMTT temos uma pessoa competente, um homem que botou aquela Secretaria hoje parecendo um consultório médico, lá é atendido todo mundo, 100%. O coronel Boaventura é correto, o outro da SMT é problemático”, disse.

David Neto continuou: “eu vou te dizer mais uma coisa do quanto é problemático. Quero chamar atenção do vereador José Carneiro, porque a Justiça começa de casa. Dois funcionários nomeados ou contratados, não sei, essas duas pessoas estavam envolvidas no roubo dos vales transportes da Prefeitura, da Secretaria de Ação Social. Eu não vou dizer mais nada? Eu vou lavar minhas mãos, não vou denunciar mais nada, quem quiser que veja se tem gente lá dentro que está aceitando dinheiro. O prefeito José Ronaldo deveria chamar atenção e ter cuidado com as pessoas que dizem que são eles, mas não são eles, porque pelas costas saem prejudicando o prefeito”, alertou.

Em aparte, o vereador Edvaldo Lima (PP) pediu esclarecimento acerca do valor do guincho do Município. “Recentemente, o vereador vice-líder do Governo trouxe para esta Casa, mais de uma vez, a respeito do guincho do Detran e, agora, o senhor [Nery] traz aqui que o guincho do Município é R$ 270,00. Gostaria que o vice líder do Governo pudesse explicar, porque ele falou. Então, ele não falou a verdade, uma vez que colocou que o guincho do Município era R$130,00. Então, eu quero uma explicação”. Novamente fazendo uso do aparte, o vereador David Neto (DEM) voltou a cobrar explicações para os seus questionamentos acerca do guincho que presta serviço ao Governo Municipal.

Retomando a palavra, o vereador Alberto Nery fez questão de salientar que o valor de R$120,00 é pago a um funcionário e os R$ 469,00  foram pagos em uma casa lotérica.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br