PT usa tática do medo para convocar população e servidores a irem a manifestação, denuncia Pablo Barrozo

PT usa tática do medo para convocar população e servidores a irem a manifestação.

PT usa tática do medo para convocar população e servidores a irem a manifestação.

Está circulando desde ontem (17/03/2016) na cidade, principalmente nas localidades mais carentes, um panfleto distribuído por militantes petistas, sindicalistas e movimentos sociais ligados ao PT e siglas aliadas ao governo da Bahia convocando as pessoas a irem à manifestação de hoje (18) a favor da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula, marcada para acontecer às 15h, no Campo Grande. Além disso, servidores públicos e de cargos comissionados do governo do estado estão sendo obrigados a participar da manifestação por chefes imediatos ou sindicalistas, denuncia o líder do Democratas na Assembleia, deputado Pablo Barrozo.

“Essa é a velha tática do medo, da mentira e da intimidação que é praxe do PT. Foi assim nas eleições passadas para a Presidência e governo do estado e no pleito municipal de 2012 em Salvador, quando diziam que se o PT não estivesse no poder iria acabar o Bolsa Família, tomar a casa dos pobres e retirar conquistas dos trabalhadores. Só que o trabalhador não esquece que quem mentiu na campanha foi a presidente Dilma, que não cumpriu as promessas de campanha, quebrou a economia do país e a Petrobras e nos afundou num mar de lama sem fim”, afirmou Barrozo.

O democrata disse ainda que o PT “tenta mais uma vez dividir Salvador, mesma estratégia adotada nas eleições de 2012 em Salvador”. “Querer colocar pobres contra ricos, pregando que são as elites que estão articulando um golpe, não funcionou em Salvador. Todo esse discurso populista já foi desmanchado pelo prefeito ACM Neto, que está fazendo um governo voltado para os mais pobres, priorizando as regiões suburbanas e periféricas da nossa capital”.

Pablo Barrozo declarou que o PT dissemina a maldade e o desrespeito às instituições democráticas. “Todos têm o direito de se manifestar. O PT e todos aqueles a favor da presidente Dilma e do ex-presidente Lula têm o direito de ir às ruas também. O que não pode é tentar intimidar o cidadão comum com mentiras e boatos explorando a sua condição social. Isso é a mais baixa covardia”.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br