PRB anuncia saída do governo e deve deixar Ministério do Esporte; objetivo é preservar candidatura de Celso Russomanno em São Paulo

Deputado Celso Russomanno objetiva preservar campanha eleitoral pela prefeitura de São Paulo, e perde noção do papel histórico na defesa de princípios democráticos.

Deputado Celso Russomanno objetiva preservar campanha eleitoral pela prefeitura de São Paulo, e perde noção do papel histórico na defesa de princípios democráticos.

O PRB anunciou hoje (16/03/2016) que está deixando a base de apoio ao governo federal em função da situação em que se encontra o cenário nacional nos últimos meses. A decisão foi comunicada à imprensa pelo presidente da legenda, Marcos Pereira,  que estava acompanhado de deputados do partido no Salão Verde da Câmara.

O Partido Republicano Brasileiro (PRB) tem uma bancada de 21 deputados federais e tem como líder o deputado Marcio Marinho (BA). A decisão do rompimento ocorreu após uma reunião da bancada com o presidente da legenda, onde foi feita uma avaliação do momento atual e da crise política e econômica.

“A bancada resolveu por unanimidade sair da base do governo, porque todo o cenário dos últimos meses torna insustentável a nossa permanência. A bancada será independente para votar aquilo que for melhor para tirar o Brasil desta crise”, disse o presidente do partido. O deputado Celso Russomanno (PRB-SP) disse que os deputados vão ser independentes e irão votar as matérias de interesse do Brasil.

O PRB ocupa o Ministério do Esporte com o deputado George Hilton (MG). Com a saída do partido da base, os deputados da legenda afirmaram que o cargo está à disposição da presidenta Dilma Rousseff para substituir o ministro.  “O cargo está à disposição, mas como é de livre nomeação da presidente Dilma, ela é quem toma a decisão”, disse Russomanno.

Pragmática

A parte mais intensas dos protestos contra o governo Rousseff ocorre na capital paulista, com a aproximação das eleições de 2016, o PRB objetiva preservar a imagem do pré-candidato a prefeito de São Paulo Celso Russomanno de uma eventual associação ao governo Rousseff. Esse é o motivo não anunciado pelo partido, que motivou rompimento com o governo.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br