‘Lula no governo facilita construção de saída para o momento político que a gente vive’, avalia deputado Paulo Pimenta

Deputado Paulo Pimenta: ‘Lula no governo facilita construção de saída para o momento político que a gente vive’.

Deputado Paulo Pimenta: ‘Lula no governo facilita construção de saída para o momento político que a gente vive’.

Personagens do governo federal e do Legislativo presentes na cerimônia de posse de ministros, nesta quinta-feira (17/03/2016), avaliaram em entrevista ao Blog do Planalto o significado e a importância de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva assumir a pasta da Casa Civil no governo da presidenta Dilma Rousseff. A experiência e a capacidade que ele agrega ao governo, afirmou o ministro da Cultura, Juca Ferreira, contribuirão para que o País supere a crise política e o momento econômico.

“Fortalece o País. A vinda dele não é para fortalecer o governo abstratamente, é para facilitar o processo de construção de uma saída para o momento político que a gente vive. Quem tem Pelé, ou Cristiano Ronaldo ou Messi no banco de reservas não pode abrir mão de convocá-lo no momento difícil”, comparou Juca Ferreira. “Acho que estamos passando um momento difícil, é preciso sair da crise econômica, da crise política”.

Juca Ferreira destacou ainda que a reconhecida capacidade de diálogo de Lula contribuirá para a relação do governo com o Congresso Nacional, partidos políticos, sociedade, movimentos sociais e empresários. “Acho que é importante esse processo de diálogo para constituir um programa comum de saída da crise e superação de toda essa dificuldade que o Brasil está vivendo”.

O deputado federal Paulo Pimenta ressaltou que Lula na Casa Civil é um reforço fundamental para o governo promover a estabilidade política e econômica. “É um reforço muito importante para o governo, mais importante ainda para o Brasil, para estabilizar e ajudar a reforçar os laços com sua base social, com sua base política. Para sinalizar para o mercado, para o capital produtivo, o compromisso do governo em enfrentar essa crise crescendo, gerando emprego… a chegada do Lula reforça o governo e é muito boa para o Brasil”.

O deputado alertou para as ameaças ao Estado Democrático de Direito por parte de setores da sociedade. “As manifestações, contra e a favor do governo, são absolutamente parte da democracia. Pessoas que não votaram na Dilma serem contra o governo não é nenhuma novidade. O que nós não podemos aceitar são atitudes que afrontem as instituições”, disse. Ele fez referência direta ao caráter “jurídico-midiático” da tentativa de atingir a Presidência da República por meio de vazamentos ilegais de interceptação telefônica.

“Imagina se fosse divulgado uma conversa do Bill Clinton com o Obama, os números da Casa Branca, os números de segurança da presidência. Isso é um crime contra a democracia, é um atentando contra o Estado democrático. E isto caracteriza uma tentativa de golpe institucional. E é isso que nós estamos denunciando”.

Rogério Sottili, secretário especial de Direitos Humanos, do Ministério das Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, apontou para a contribuição do governo do ex-presidente Lula para os avanços na conquista de direitos no Brasil nos últimos. Segundo ele, o novo ministro fortalecerá os esforços do governo para superar o momento atual e assim continuar ampliando direitos.

“[A posse de Lula] é um simbolismo de que não existe nada mais importante do que unir todos os esforços para tirar o Brasil dessa situação delicada que está vivendo e colocar o Brasil cada vez mais como protagonista da história da humanidade. Ele compondo a equipe da presidenta Dilma, toda a equipe do governo, será um grande momento para o Brasil. Nós vamos sair dessa crise muito mais fortalecidos e caminhando cada vez mais para um Brasil mais justo, mais solidário, um Brasil de Direitos Humanos”.

“Grande parte dos programas, principalmente na área social, foram iniciados na gestão do presidente Lula, especialmente o Bolsa Família. Acho que ele se soma para que se consolide e fortaleça cada vez mais esses programas, para que chegue com o Estado à população brasileira”.

– Tereza Campello, ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome

“A posse do Lula é a maior expressão de colaboração política entra a presidenta e o ex-presidente no sentido de apresentar ao Brasil uma agenda de crescimento e desenvolvimento. Uma dupla expressão de ousadia e de humildade no sentido de fazer esse país avançar”.

– Jandira Feghali, deputada federal

“Fortalece o governo, traz outras perspectivas além dessas que nós já temos caminhado. Toda experiência que o ex-presidente traz consigo é uma forma de aprimorar ainda mais o nosso trabalho. Todos que puderem somar para fortalecer o governo, fortalecer a democracia, são importantes”.

– Nilma Lino Gomes, ministra das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos

“A presidenta Dilma já vem desde o início desse ano com um conjunto de decisões dirigido à retomada da atividade econômica, do emprego e da renda. A vinda de Lula para a Casa Civil [contribui para] a estabilidade política e um novo cenário com confiança para investimento e com a esperança para o povo brasileiro de que nós vamos retomar o leito de um país generoso para quem mais precisa”.

– Afonso Florence, deputado federal

“A presença do presidente Lula nesse momento, incorporando o governo da presidenta Dilma, é um momento histórico, é um momento de convergência e aglutinação de todos aqueles que lutam do lado do povo brasileiro”.

– Margarida Salomão, deputada federal

“A presidenta está mostrando para o País que as mudanças necessárias estão sendo feitas. E o presidente Lula emprestará toda sua experiência e identidade na relação com o povo brasileiro para estar junto da presidenta e fazer diferença”.

– Benedita da Silva, deputada federal

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br