Líder do governo Rui Costa debate investimentos para os Centros Culturais da Bahia

Bia Vasconcelos, coordenadora do Amélio Amorim; Jorge Portugal, secretário da Cultura do estado da Bahia, e deputado José Cerqueira Neto (Zé Neto), líder do governo Rui Costa.

Bia Vasconcelos, coordenadora do Amélio Amorim; Jorge Portugal, secretário de Cultura do Estado da Bahia, e deputado José Cerqueira Neto (Zé Neto), líder do governo Rui Costa.

O deputado estadual e líder do governo, José Cerqueira Neto (Zé Neto – PT/BA), se reuniu com o secretário de Cultura do Estado, Jorge Portugal, e a coordenadora do Centro de Cultura Amélio Amorim, Bia Vasconcelos, na tarde desta segunda-feira (29/02/2016), para encaminhar as demandas do Centro  junto ao Estado.

Na ocasião, Zé Neto comentou o resultado da reunião e atenção do secretário. “Encaminhamos algumas pautas referente as situações que ocorreram nos últimos meses no Amélio Amorim, que evidentemente precisam ser resolvidas. O secretário se colocou a disposição  para  buscar as soluções, com atenção que sempre tem dado a Feira de Santana. Prova disso, é que hoje  nós vemos o quanto a cidade tem recebido apoio nos empreendimentos culturais que  fazem a diferença no nosso município e na região”, disse.

O deputado também falou da questão que envolve os funcionários terceirizados.  “Esperamos que todas as situações sejam resolvidas, especialmente,  a que diz respeito ao problema relacionado aos terceirizados, que é uma situação crônica e não apenas da Secretaria de Administração do Estado (SAEB). Infelizmente em algumas áreas do Governo tem sido recorrente as dificuldades nas contratações por parte das empresas que não tem lastro financeiro e acabam criando barreiras, fato que tende ser resolvido. Inclusive, iremos colaborar no que for possível com o nosso secretário que mostrou tão boa vontade”, completou.

Durante a reunião, o secretário reafirmou seu compromisso com Feira. “Nós estamos na posição firme de parceria com Feira de Santana e através do deputado Zé Neto nós temos procurado fazer o melhor pela cidade no campo da cultura. Não é atoa que nós temos 13 projetos do Agitação Cultural rodando no  Amélio Amorim e mais projetos em outros espaços”, afirmou.

Portugal destacou a importância do Centro para cultura da cidade.”O Centro Amélio Amorim é fundamental como  motor da cultura de Feira de Santana e nós  daremos a ele toda atenção possível. De pronto, já solicitei que superintendente  de  territorialização, Sandro Magalhães, visite o Centro, no próximo sábado (5), e se reúna com Bia para  dar o encaminhamento já concreto a muitas questões que foram colocadas”, pontuou.

 A coordenadora do espaço agradeceu a disposição do secretário e do deputado em resolver as questões do Centro. “Fiquei feliz com o resultado dessa reunião e gostaria de registrar a atenção que recebi e a sensibilidade de ambos com o Amélio Amorim”, comentou.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br