Jornalista Levi Vasconcelos palestra em Feira de Santana

Jornalista Levi Vasconcelos palestra para membros da ACEFS.

Jornalista Levi Vasconcelos palestra para membros da ACEFS.

“Corrupção tem em qualquer governo, em qualquer lugar, mas isso não pode ser a doutrina do governante”. A observação é do jornalista Levi Vasconcelos, que na manhã de quarta-feira (02/03/2016) flou sobre “O panorama político 2016” para representantes do comércio e da indústria, além de lideranças políticas de Feira de Santana. O evento, realizado no Ville Gourmet, marcou o início da agenda de reuniões da Associação Comercial e Empresarial (ACEFS) para este ano.

Afirmando que no momento não há nenhum sinal positivo no cenário marcado por uma crise com sérios impactos na economia, Levi disse que “o sistema é podre por natureza” e ressaltou que sempre houve relações duvidosas entre empresários e políticos, só que o problema agora é em escala monumental. “Está tudo tão escancarado que assusta até ladrões contumazes”, disse o jornalista, acrescentando que não há expectativa do Brasil sair dessa crise “de forma limpa”.

Afirmando que o jogo sempre envolveu empresários e políticos, mas que só os primeiros pagam o ônus, o jornalista alertou que é preciso ter cuidado nas avaliações, porque “às vezes quem está atacando é pior do que aquele que está no poder”, referindo-se ao presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha. Ele lamentou que no final toda a sociedade seja penalizada e sinalizou: “Nós temos uma crise instalada e a expectativa é que ela demore muito tempo”.

O palestrante falou ainda da estrutura partidária no Brasil, lembrando que em 2006 havia 22 partidos, dos quais 17 tinham representação no Congresso Nacional e hoje já são 35 legendas, 27 delas representadas na Câmara Federal e no Senado. “Todos sustentados por fundos partidários”, ressaltou. Só para o PT, disse, são R$ 160 bilhões por ano. Levi observou ainda que o “Partido dos Trabalhadores perdeu uma chance enorme de mudar a história do Brasil”.

visto que há uma crise política instalada e um governo extremamente fragilizado. O jornalista destacou que o Brasil passa por um momento bastante delicado.

A palestra do jornalista, que é editor da coluna Tempo Presente do Jornal A Tarde e do site Bahia.ba, reuniu representantes de todas as entidades ligadas ao comércio e à indústria, a exemplo da CDL, CIFS, SEBRAE e SICOMFS, além de empresários de vários ramos de atividades. “Nosso objetivo é nos reunir sempre em conjunto, porque os problemas atingem todos os segmentos”, justificou o presidente da ACEFS, Marcelo Alexandrino.

Presentes ao evento ainda os secretários municipais Paulo Aquino (Governo) e Antônio Carlos Borges Júnior (Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico) e o prefeito José Ronaldo de Carvalho, que destacou a importância da iniciativa de discutir a crise que atinge todo o país. Ele avaliou que o palestrante mostrou com clareza o atual cenário da política e da economia do país. “O momento é de crise política, econômica e moral”, definiu.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br