Feira de Santana: vereador da base governista defende criação de CPI para investigar atuação da SMT

David Neto sugere criação de CPI para apurar denúncias contra SMT.

David Neto sugere criação de CPI para apurar denúncias contra SMT.

O vereador David Neto (DEM), durante discurso na manhã desta segunda-feira (29/02/2016), na tribuna da Casa da Cidadania, voltou a cobrar do líder do Governo, José Carneiro (PSL), informações a respeito dos guinchos que prestam serviço ao Município, através da Superintendência Municipal de Feira de Santana (SMT).

O democrata disse que desde o dia 17 de novembro de 2015 o líder governista assegurou que traria as informações acerca do funcionamento dos referidos guinchos, que, conforme denúncias, não atendem as normas do contrato da licitação, “mas até hoje não tivemos resposta. Esta Casa é um Poder independente do Executivo; nós somos do Legislativo e temos que ter o nosso pulso, acredito no nosso presidente. Se o ofício foi enviado para o SMT e o documento não chegou, pra gente mostrar o pulso de um vereador, vamos fazer uma CPI”, propôs.

Em seguida, David classificou como “ingênua e incapaz” a comissão criada pelo Executivo que apurou as denúncias contra o SMT. “Olha que a comissão botou no parecer: ‘esse espaço da SMT das sucatas nunca foi encontrado’. Mas as sucatas estão aqui”, disse o edil, exibindo uma foto, como forma de comprovação do fato.

Ele acrescentou: “onde foram exterminados esses carros? Cadê os carros que foram pegos no meio das ruas? Disseram-me que eram 18, mas eu soube que foram mais de 30. Foram pagas notas fiscais no valor de 30, R$ 20 mil, mas depois que eu falei aqui, o valor caiu para R$ 12. Teve apreensão de veículo no turno noturno, e ninguém aqui falou nada. Eu estou cumprindo o meu papel,  sou do Democratas, mas eu quero transparência”, declarou David Neto.

Em aparte, José Carneiro explicou que no ano passado pediu, realmente, a David que tirasse o requerimento solicitando da SMT os devidos esclarecimentos acerca do funcionamento dos guinchos, porque  se comprometeria a trazer as informações concretas. “E isso foi feito ao superintendente, mas até agora as informações não chegaram em nossas mãos. Então, eu gostaria que Vossa Excelência (David) reapresentasse o requerimento e, consequentemente, a gente aprova”, disse.

Retomando o discurso, David Neto sugeriu ao líder governista que apoiasse a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para uma averiguação concisa do desenrolar real dos fatos.

“Porque desde quando eles não responderam o primeiro requerimento, também não vão responder o segundo. Eu quero que me digam onde é que está esse guincho que rodava em Feira de Santana, que sumiu. Eles cobram de carros sem emplacamentos no meio da rua, mas o guincho tinha três, quatro anos sem emplacamento, rodando e apreendendo veículos; é um ilegal apreendendo outro ilegal”, reclamou.

O edil afirmou que não admite esse tipo de procedimento, por isso quer transparência no Governo do Município. “E acredito que o prefeito José Ronaldo também quer isso”.

David Neto indagou por que não colocaram a sua esposa, que é servidora do Município e advogada, para compor a comissão que apurou as supostas irregularidades na SMT. “Sabe por que não a colocaram? Porque ela  ia ver as coisas lá com transparência”.

Crítica ao Governo Federal

A grande quantidade de casos de microcefalia associados ao vírus Zika também fez parte o discurso do edil David Neto.  “Ficamos triste quando observamos o nosso Governo Federal deixar o mosquito evoluir”, criticou o edil, cobrando medidas eficazes para o diagnóstico, tratamento e prevenção das doenças causadas pelo Aedes aegypti.

Ainda no que diz respeito à microcefalia, David  disse que em Feira de Santana não há nenhum órgão “com a competência suficiente” para fazer o acompanhamento das vítimas desta doença.

Apae

Na oportunidade, ele fez questão de salientar que anualmente manda cerca de R$ 10 mil de verbas de subvenção para a Associação de Pais e Amigos Excepcionais de Feira de Santana, “para que entidade desenvolva o seu trabalho, mas mesmo assim ela tem dificuldade financeira”, disse o vereador, alertando que é preciso mais apoio à Apae, em virtude da grande demanda de pacientes.

Reivindicações dos professores

Outro tema que fez parte do discurso de David Neto foi a greve dos professores da rede municipal. Os docentes querem, entre outras coisas,  a garantia da reserva de 1/3 da carga horária para planejamento, estudos e avaliações. O vereador disse que apoia a solicitação da categoria para que haja uma lei municipal como garantia de que serão honrados os acordos firmados entre a APLB Feira e o Executivo.

Falecimento

Mudando de foco, o parlamentar pediu que constasse em ata e solicitou um minuto de silêncio pelo passamento do seu amigo, o senhor Epifânio Tomaz Almeida, morador do distrito de Maria Quitéria.

Parabéns

Ainda em seu pronunciamento, David Neto parabenizou os organizadores do VII Encontro de Muares de Feira de Santana, ocorrido no último domingo nas principais ruas e avenidas da cidade, com o objetivo de divulgar e incentivar a criação de mulas, burros e jegues. “Quero parabenizar a doutora Iraci, que é advogada e realizadora deste evento, e também o seu marido Carlão”.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br