Entrega de piscinas marca a criação do Centro Olímpico de Natação da Bahia

Centro Olímpico de Natação da Bahia é inaugurado com a presença de atletas.

Centro Olímpico de Natação da Bahia é inaugurado com a presença de atletas.

Considerado um dos principais equipamentos do esporte aquático do País, a nova piscina olímpica da Bahia já está à disposição dos atletas baianos e brasileiros, inclusive os que irão participar dos Jogos Olímpicos 2016. A piscina, localizada na Avenida Mário Leal (Bonocô), em Salvador, tem dez raias, dimensões oficiais (50x25m), três metros de profundidade e medição eletrônica de Ph. A noite de entrega do equipamento esportivo, nesta segunda-feira (28/03/2016), teve apresentação da Seleção Brasileira de Nado Sincronizado, além da presença de autoridades e atletas, entre eles, Alan do Carmo.

De acordo com o titular da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), Álvaro Gomes, o Governo da Bahia entrega à população um equipamento de alto nível. “É uma piscina de grande importância, seja para os atletas de alto rendimento, seja para a inclusão social. O equipamento cumpre todos os requisitos da Federação Internacional de Natação e está apto a receber competições nacionais e internacionais”. Os banheiros e arquibancadas provisórios permanecerão no local até que a estrutura definitiva, que integrará o centro olímpico, seja construída.

Até o momento foram investidos recursos estaduais da ordem de R$ 15 milhões. Segundo Gomes, quanto à tecnologia e padrões exigidos, apenas a piscina do Parque Maria Lenk, no Rio de Janeiro, pode ser comparada à nova piscina olímpica da Bahia. O secretário informou ainda que, por meio da Superintendência de Desportos do Estado (Sudesb), uma série de atividades de inclusão social com crianças e adolescentes vai ser realizada no local.

Um dos principais nomes da natação e um dos favoritos para conquistar uma medalha para o Brasil nos próximos Jogos Olímpicos, o nadador baiano Alan do Carmo disse que, antes mesmo da entrega oficial, treinou cinco vezes na piscina. “É uma piscina de alta tecnologia. Dá orgulho ter uma piscina [como essa] na nossa cidade, no nosso estado. A gente fica muito feliz, não só pelo equipamento, mas pela qualidade que ele nos oferece”.

Aquecimento

Uma piscina de aquecimento semiolímpica também faz parte do equipamento esportivo que está sendo estruturado para se tornar o Centro Olímpico de Natação da Bahia. Esse equipamento tem seis raias, dimensões de 25 x 12,5m e 1,65m de profundidade. Além das competições já anunciadas pela Federação Baiana de Desportos Aquáticos para os finais de semana de abril, o presidente da Confederação Brasileira de Desporto Aquático (CBDA), Coaracy Nunes Filho, informou que, em julho, a Seleção Brasileira de Nado Sincronizado deve retornar à Bahia para treinar.

“As próprias atletas pediram para fazer o treinamento final, antes da Olimpíada, aqui nesta piscina. Amanhã [terça-feira, 29], viajo ao Paraguai e vou tentar trazer o [Campeonato] Sul-Americano de Esportes Aquáticos, daqui a dois anos, para cá. Tudo isso […] porque temos esta piscina maravilhosa”, afirmou Nunes Filho.

A treinadora da Seleção Olímpica de Nado Sincronizado, Maura Xavier, reiterou que a equipe se impressionou com a estrutura oferecida aos atletas. “Ficaremos aqui durante 15 dias. A piscina é adequada porque tem a profundidade ideal para o nado sincronizado. O equipamento de som daqui também é maravilhoso. Amanhã [terça] treinaremos aqui de novo”.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br